SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número1Efeito da poda e de épocas de colheita sobre características agronômicas da mandiocaNitrogênio em cobertura e molibdênio foliar no feijoeiro de inverno índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Scientiarum. Agronomy

versão On-line ISSN 1807-8621

Resumo

ESPINDULA, Marcelo Curitiba et al. Efeitos de reguladores de crescimento na elongação do colmo de trigo. Acta Sci., Agron. (Online) [online]. 2010, vol.32, n.1, pp.109-116. ISSN 1807-8621.  https://doi.org/10.4025/actasciagron.v32i1.94310.4025/actasciagron.v32i1.943.

Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito de doses e épocas de aplicação de três reguladores de crescimento na elongação do colmo de plantas de trigo. O experimento, conduzido em Viçosa, Estado de Minas Gerais, de maio a setembro de 2005, foi instalado com tratamentos em esquema fatorial e hierárquico com uma testemunha, no delineamento em blocos casualizados com quatro repetições. Os tratamentos foram 500; 1.000 e 1.500 g ha-1 de clormequat; 62,5; 125,0 e 187,5 g ha-1 de trinexapac-etil e 40; 80 e 120 g ha-1 de paclobutrazol, aplicados no estádio 6 ou 8 da escala Feeks e Large, e uma testemunha. O comprimento do colmo com trinexapac-etil foi menor do que com o clormequat, que, por sua vez, foi menor do que com o paclobutrazol. A aplicação de reguladores na época 1 promoveu maior redução dos entrenós basais, enquanto a aplicação na época 2 proporcionou maior influência no pedúnculo. O aumento das doses de clormequat e trinexapac-etil promoveu redução do comprimento do colmo e das partes que o formam. O aumento das doses de paclobutrazol promoveu respostas pouco expressivas no colmo e seus componentes.

Palavras-chave : Triticum aestivum L; clormequat; trinexapac-etil; paclobutrazol.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons