SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número4Tolerância à seca de cultivares de arroz no Cerrado do Estado do Tocantins, BrasilUso da manipueira como fonte de potássio na cultura da alface (Lactuca sativa L.) cultivada em casa-de-vegetação índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Scientiarum. Agronomy

versão On-line ISSN 1807-8621

Resumo

STEIDLE NETO, Antonio José; ZOLNIER, Sérgio  e  MAROUELLI, Waldir Aparecido. Transpiração do tomateiro cultivado em substrato e sua influência na fração lixiviada e na condutividade elétrica da solução nutritiva drenada. Acta Sci., Agron. (Online) [online]. 2010, vol.32, n.4, pp.721-727. ISSN 1807-8621.  http://dx.doi.org/10.4025/actasciagron.v32i4.3246.

O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da transpiração do tomateiro na fração lixiviada e na condutividade elétrica (CE) da solução nutritiva percolada no substrato de areia, em cultivo realizado sob condições de casa-de-vegetação. Foram utilizadas duas técnicas de fertirrigação, sendo uma denominada de sistema de controle convencional e outra, de sistema de controle computadorizado. No sistema de controle convencional, a solução nutritiva foi aplicada em intervalos de tempo fixos entre eventos de fertirrigação. No outro sistema, a aplicação ocorreu de acordo com estimativas de transpiração que foram realizadas pelo algoritmo de controle do sistema computadorizado. Em dias nublados, a CE da solução nutritiva drenada diminuiu em ambos os sistemas, em decorrência da baixa transpiração e da alta fração lixiviada, o que amenizou a salinização do substrato. Entretanto, em altos valores de radiação solar, a CE aumentou devido à baixa lixiviação. Os resultados demonstraram que, em condições de nebulosidade, o sistema de controle computadorizado reduziu o volume de efluentes em 54% em relação ao sistema de controle convencional e, simultaneamente, impediu a salinização do substrato por meio da manutenção da CE média diária da solução drenada entre 2,9 e 3,5 dS m-1.

Palavras-chave : Lycopersicon esculentum; hidroponia; cultivo sem solo; fertirrigação; casa-de-vegetação.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons