SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número1Avaliação de metodologias de adaptabilidade e estabilidade de cultivares milhoAvaliação de cultivares de soja quanto ao potencial embriogênico e organogênico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Acta Scientiarum. Agronomy

versão On-line ISSN 1807-8621

Resumo

RAMOS, Helaine Christine Cancela et al. Comparação de distâncias multi-alélicas sobre a quantificação da diversidade genética em mamão. Acta Sci., Agron. (Online) [online]. 2011, vol.33, n.1, pp. 59-66. ISSN 1807-8621.  http://dx.doi.org/10.4025/actasciagron.v33i1.11698.

O presente trabalho visou à comparação de distâncias multi-alélicas sobre a quantificação da diversidade genética em mamão. Para tanto, foram avaliados 43 indivíduos da geração S2, oriunda do retrocruzamento entre F1 dos ('Cariflora' x 'SS783') e 'Cariflora', e quatro acessos do Banco de Germoplasma da UENF/Caliman. As distâncias genéticas utilizadas foram: Smouse e Peakall (1999), Kosman e Leonard (2005) e índice ponderado. Posteriormente foi realizado o agrupamento entre os genótipos utilizando unweighted pair-group method with arithmetic means analysis (UPGMA) e projeção de distância no plano bidimensional. Observou-se elevada correlação entre as distâncias genéticas, entretanto, pela análise de agrupamento UPGMA, a distância utilizando o índice ponderado proporcionou a completa separação das linhagens 52RC1S2-08, 52RC1S2-29 e 52RC1S2-34. Pela projeção das distâncias no plano, os coeficientes Kosman e Leonard (2005) e índice ponderado permitiram a separação dos indivíduos da geração S2 (52RC1S2-08, 52RC1S2-29 e 52RC1S2-34) para com os progenitores ('Cariflora' e 'SS783') e em relação aos quatro acessos do banco de germoplasma, diferentemente do índice de Smouse e Peakall (1999), que não proporcionou essa distinção entre os genótipos avaliados. Conclui-se, pois, que o coeficiente Kosman e Leonard (2005) e o índice ponderado foram mais eficientes que o algoritmo de Smouse e Peakall (1999) na disposição dos genótipos avaliados em dendrogramas e eixos cartesianos representativos da similaridade genética.

Palavras-chave : Carica papaya L.; marcador microssatélite; caracterização de cultivares; análise de agrupamento.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês