SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número4Modelagem matemática do processo de secagem de espigas de milhoIdentificação do broqueador de tronco e os fatores que afetam o seu ataque em árvores de Caryocar brasiliense no cerrado brasileiro índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Scientiarum. Agronomy

versão On-line ISSN 1807-8621

Resumo

BACK, Álvaro José. Distribuição temporal de chuvas intensas de Urussanga, Estado de Santa Catarina, Brasil. Acta Sci., Agron. (Online) [online]. 2011, vol.33, n.4, pp.583-588. ISSN 1807-8621.  http://dx.doi.org/10.4025/actasciagron.v33i4.6664.

O conhecimento da distribuição temporal de chuvas é importante em vários tipos de estudos hidrológicos relativos aos escoamento superficial. Este trabalho teve como objetivo determinar o padrão de distribuição temporal das chuvas intensas de Urussanga, SC. Foram utilizados os pluviogramas da estação meteorológica de Urussanga, Estado de Santa Catarina (latitude de 28,31° S, longitude de 49,19° W e altitude de 49 m) do período de 1980 a 2007. Foram selecionadas 132 chuvas intensas e, posteriormente, classificadas em quatro tipos de acordo com o quartil em que ocorre a maior precipitação. Observou-se que as chuvas do tipo I são mais frequentes, seguidas do tipo II que ocorrem predominantemente no verão, e as chuvas do tipo III e IV que ocorrem distribuídas ao longo do ano. No verão predominam as chuvas de duração inferior a 12h, e nas demais estações do ano predominam as chuvas de duração superior a 18h.

Palavras-chave : drenagem; precipitação; probabilidade de chuva.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons