SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue1Weed control strip influences the initial growth of Eucalyptus grandisProtoplast production and isolation from Etlingera elatior author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Acta Scientiarum. Agronomy

On-line version ISSN 1807-8621

Abstract

RODRIGO, Oliboni et al. Divergência genética entre híbridos de milho e correlações com heterose e capacidade de combinação. Acta Sci., Agron. (Online) [online]. 2012, vol.34, n.1, pp. 37-44. ISSN 1807-8621.  http://dx.doi.org/10.1590/S1807-86212012000100006.

Doze híbridos de milho recomendadas para a região centro-sul do Paraná e os 66 cruzamentos obtidos entre eles foram avaliados quanto a caracteres agronômicos e morfológicos em Laranjeiras do Sul, Guarapuava e Cantagalo, Estado do Paraná. Foi calculada a heterose e estimada a capacidade específica de combinação (CEC) dos cruzamentos para o caráter produção de espigas despalhadas. Foram tomadas medidas de 22 caracteres morfoagronômicos dos 12 genitores e os dados foram submetidos à análise multivariada conjunta com agrupamento pelo método hierárquico do vizinho mais próximo, utilizando a distância generalizada de Mahalanobis (D2). Foram obtidas correlações entre a heterose, CEC, D2 e média da produtividade. O cruzamento P30F44 x Sprint revelou média alta e elevada heterose para peso de espigas despalhadas, embora tenha apresentado estimativa moderada da divergência genética. As estimativas de divergência genética não foram eficientes na predição dos cruzamentos mais heteróticos, pois as correlações entre D2 e heterose e entre D2 e CEC foram não significativas. Houve correlações positivas e significativas entre as médias de produção de espigas, a CEC e a heterose.

Keywords : Zea mays; capacidade específica de combinação; distância de Mahalanobis; melhoramento vegetal.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English