SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue2Alternative milking time and feeding behavior of crossbred dairy cows in grazing production systems author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Acta Scientiarum. Animal Sciences

On-line version ISSN 1807-8672

Abstract

CORREA, Daniel Staciarini; MAGALHAES, Roberto Toledo de  and  SIQUEIRA, Domingas Cruvinel Batista de. Degradabilidade in situ da matéria seca e fração fibrosa do estilosantes Mineirão. Acta Sci., Anim. Sci. [online]. 2012, vol.34, n.2, pp. 203-207. ISSN 1807-8672.  http://dx.doi.org/10.4025/actascianimsci.v34i2.13138.

Neste trabalho avaliou-se, por meio da técnica in situ, a degradabilidade da matéria seca e da fração fibrosa da leguminosa estilosantes Mineirão (Stylozanthes guianensis), leguminosa nativa do Cerrado brasileiro. Para o ensaio da degradabilidade, usou-se o método dos sacos de náilon, com duas incubações em fêmea bovina adulta canulada no rúmen. Em cada incubação, foram utilizadas 25 amostras de 7,0 g cada. As amostras foram retiradas nos tempos 0, 6, 9, 12, 24, 36, 48, 72 e 96h. O experimento foi conduzido segundo o delineamento de blocos ao acaso e os dados submetidos à analise de variância. As máximas degradabilidades efetivas foram atingidas na taxa de passagem 2%. Para a taxa de passagem de 5%, o estilosantes Mineirão apresentou degradabilidade efetiva de 75,70% para a matéria seca, 59,01% para a fibra em detergente neutro e 76,81% para a fibra em detergente ácido. A digestibilidade alcançada tanto pela matéria seca quanto pela fração fibrosa estilosantes Mineirão foi considerada alta. Estes resultados, aliados ao baixo tempo de colonização lag time encontrado revelam o potencial forrageiro da cultivar.

Keywords : bovinocultura; leguminosas; digestibilidade; forrageira.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English