SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.80 número2Análise da micobiota associada à entomofauna em rações a granel para animais domésticosAlternativas para o controle de nematoides gastrintestinais de pequenos ruminantes índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Arquivos do Instituto Biológico

versão On-line ISSN 1808-1657

Resumo

BELEI, F. et al. Primeiro relato de austrodiplostomum compactum e ithyoclinostomum dimorphum em traíras (hoplias malabaricus) provenientes do médio curso do Rio Doce, Minas Gerais, Brasil. Arq. Inst. Biol. [online]. 2013, vol.80, n.2, pp.249-252. ISSN 1808-1657.  http://dx.doi.org/10.1590/S1808-16572013000200017.

Austrodiplostomum compactum e Ithyoclinostomum dimorphum são dois trematódeos comumente encontrados em traíras, contudo, esses parasitas nunca foram relatados em traíras do Rio Doce. O objetivo do estudo é descrever a ocorrência de metacercárias de A. compactum e I. dimorphum, e presença de ovos em metacercárias de I. dimorphum em traíras provenientes do médio curso do Rio Doce. Os parasitas foram analisados e identificados utilizando métodos descritos anteriormente. Foram encontradas 10 metacercárias de A. compactum no humor aquoso dos olhos em quatro traíras e 12 metacercárias de I. dimorphum encistadas na cavidade peritoneal de cinco traíras. A maceração de metacercárias de I. dimorphum revelou a presença de ovos nestes parasitos. Esses resultados demonstram a ampla distribuição desses trematódeos e este é o primeiro relato destes parasitos em traíra do Rio Doce.

Palavras-chave : Metacercárias; Austrodiplostomum compactum; Ithyoclinostomum dimorphum; Rio Doce.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons