SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.80 issue3Sanitary-hygienic and physical-structural conditions of meat in natura area of manipulation in the minimarkets of Recife (PE), BrazilSusceptibility of Gyropsylla spegazziniana (Lizer & Trelles) (Hemiptera: Psyllidae) to Beauveria bassiana (Bals.) Vuill. author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos do Instituto Biológico

On-line version ISSN 1808-1657

Abstract

DUARTE, Elves Heleno et al. Aedes (Stegomyia) aegypti (Diptera: Culicidae) em algumas ilhas de Cabo Verde: tipologia dos criadouros e sua relação com a presença larval. Arq. Inst. Biol. [online]. 2013, vol.80, n.3, pp.359-362. ISSN 1808-1657.  https://doi.org/10.1590/S1808-16572013000300015.

Aedes aegypti é uma espécie de ampla distribuição geográfica, e sua presença foi registrada nas ilhas de Cabo Verde. Pelo fato de a sua bioecologia estar sendo atualmente estudada em várias partes do mundo, e também por ter sido realizado o primeiro registro de uma epidemia de dengue no país, decidiu-se pela realização deste levantamento. O trabalho foi realizado entre fevereiro e março de 2010, quando foram inspecionadas seis das dez ilhas que compõem o arquipélago. Os fatores avaliados durante o levantamento foram número, tipo e localização dos recipientes, assim como a presença das formas larvais de Ae. aegypti. Os resultados demonstraram a presença de 2,4 recipientes/residência inspecionada, registrando-se um total de 118 criadouros, sendo estes mais frequentes nas residências abandonadas. A condição de risco foi significativamente diferente entre as ilhas, sendo superior para Boa Vista. Todas as ilhas avaliadas demonstraram tendência significativa à diminuição do número de criadouros, com exceção da ilha de Fogo (GLM; p ≤ 0.05). Os recipientes mais frequentemente registrados foram os barris (> 50 L) (42.6%), localizados tanto no interior quanto no exterior das residências. Como criadouros, foram registrados com mais frequência os barris (> 50 L), tanques (> 200 L) e tanques plásticos (> 50 L) (Teste t; p ≤  0.05).

Keywords : Aedes aegypti; Cabo Verde; larva; insetos vetores.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License