SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.80 número4Detecção do vírus da Artrite Encefalite Caprina por nested PCR e nested RT-PCR em ovócitos e fluido uterino índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Arquivos do Instituto Biológico

versão On-line ISSN 1808-1657

Resumo

AGUIAR, Cíntia Lidiane Guidotti et al. Parâmetros da fase de vida livre de Rhipicephalus sanguineus (Latreille, 1806) (Acari: Ixodidae): adaptado ao clima subtropical. Arq. Inst. Biol. [online]. 2013, vol.80, n.4, pp.375-380. ISSN 1808-1657.  https://doi.org/10.1590/S1808-16572013000400001.

Rhipicephalus sanguineus é considerada a espécie de ixodídeo mais prevalente no mundo e foi introduzida no meio urbano pelo cão doméstico, seu principal hospedeiro. O presente estudo teve por objetivo conhecer o desempenho biológico da fase de vida livre de R. sanguineus, adaptado à região Sul do Rio Grande do Sul, por meio da estimativa de parâmetros biológicos, sob condições controladas de temperatura (27 ± 1°C) e umidade relativa (> 70,0%). Foram coletadas teleóginas pré e pós-desprendimento dos cães hospedeiros, sendo cada grupo experimental constituído de 200 teleóginas. Verificou-se que a massa média de cada teleógina foi de 170 mg, o período de pré-postura de quatro dias, a massa total de ovos de 100 mg, a massa da quenógina de 30 mg e a longevidade larval de 31 dias, com índices de eficácia reprodutiva e nutricional de 61,0 e 74,0%, respectivamente. Quanto à dinâmica de postura, 98,5% foram ovipostos na primeira semana de incubação e a eclodibilidade foi de 94,5%. A análise dos parâmetros biológicos de R. sanguineus revelou que não houve diferença estatística (p > 0,05) entre as fêmeas coletadas diretamente do corpo do hospedeiro e aquelas provenientes do ambiente. Os dados biológicos observados em R. sanguineus adaptados às condições climáticas do Sul do Rio Grande do Sul são similares aos de outras regiões do Brasil. Além disso, as coletas de R. sanguineus para estudos epidemiológicos podem ser realizadas tanto do ambiente quanto do corpo do hospedeiro, devido à similaridade que ambos os grupos apresentam em seus parâmetros biológicos.

Palavras-chave : biologia; carrapato; cão.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )