SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 issue4Injury model by needle puncture of the Wistar rats' tail: histological and radiographic assessments author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Coluna/Columna

Print version ISSN 1808-1851

Abstract

RODRIGUES, Eurico Bandeira et al. Corticoterapia em altas doses no traumatizado medular: benefício ou prejuízo?. Coluna/Columna [online]. 2010, vol.9, n.4, pp. 462-465. ISSN 1808-1851.  http://dx.doi.org/10.1590/S1808-18512010000400021.

As sequelas das lesões traumáticas da espinal medula representam um elevado prejuízo pessoal, familiar e social. Desde 1984, foi investigado e proposto o tratamento com succinato sódico metilprednisolona em altas doses, como forma de reverter ou prevenir o agravamento dessas lesões. Apresentamos uma revisão da literatura sobre essa temática. Sabe-se que essa terapêutica tem uma elevada taxa de complicações, mas, acerca das suas vantagens e real eficácia, não existe concordância entre autores de trabalhos. Enquanto uns a defendem, outros chegam a considerar provada a sua total contraindicação nessa patologia. Já existem, em nível mundial, alguns centros que não fazem a sua administração. Em Portugal é prática generalizada a sua utilização. Não o fazer poderia mesmo ser difícil de defender em situação de litígio. Mas será que estamos mesmo a ajudar os nossos doentes?

Keywords : Traumatismos da medula espinal [quimioterapia]; Metilprednisolona [uso terapêutico]; Metilprednisolona [efeitos adversos]; Eficácia; Morbidade.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese