SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 número4Avaliação da resposta clínica da estabilização pedicular, sem fusão, em pacientes com lombalgiaO que eu não faço mais na cirurgia da coluna vertebral: pesquisa entre cirurgiões de coluna brasileiros índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Coluna/Columna

versão impressa ISSN 1808-1851

Resumo

SILVA, Thiago Miller Santana et al. Avaliação clínica da infiltração facetaria no tratamento da dor lombar crônica por síndrome facetaria: estudo prospectivo. Coluna/Columna [online]. 2011, vol.10, n.4, pp. 332-335. ISSN 1808-1851.  http://dx.doi.org/10.1590/S1808-18512011000400018.

OBJETIVO: Avaliar os resultados do bloqueio facetário lombar com anestésico local e corticóide em pacientes com lombalgia crônica por síndrome facetária. MÉTODOS: Realizou-se um estudo prospectivo em 30 pacientes com lombalgia crônica por síndrome facetária, os quais foram submetidos à infiltração facetária com bupivacaína a 0,25% e acetato de metilpredinisolona sob controle radioscópico, e foram seguidos e avaliados seguindo as escalas Visual Analógica da Dor, Oswestry Disability Index e os Critérios de MacNab nos quais 17 foram do sexo feminino e 13 do sexo masculino. RESULTADOS: Foi observada diminuição significativa (p<0,05) da dor pela Escala Visual Analógica. Obtivemos 73,3% de resultados satisfatórios na primeira semana, 63,3% no primeiro mês, 43,3% em 3 meses, e 36,6% no final de 6 meses. O índice de complicações foi muito baixo. CONCLUSÃO: O bloqueio facetário utilizando corticóide e anestésico local se mostrou-se efetivo, seguro e de fácil realização. No entanto houve recidiva em mais de 50% dos casos dentro de 6 meses.

Palavras-chave : Lombalgia; Articulação zigoapofisaria; Bloqueio nervoso.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · pdf em Português