SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue1Prognostic factors associated with surgical treatment of cervical spondylotic myeloradiculopathyComparison of the Torg Index obtained by radiography and magnetic resonance in patients with spondylotic cervical myelopathy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Coluna/Columna

Print version ISSN 1808-1851

Abstract

MATTEDI, Ricardo da Vitória et al. Estudo descritivo sobre o primeiro mutirão no Brasil de cirurgias eletivas para tratamento de escoliose. Coluna/Columna [online]. 2012, vol.11, n.1, pp. 63-65. ISSN 1808-1851.  http://dx.doi.org/10.1590/S1808-18512012000100011.

OBJETIVO: Descrever os resultados estatísticos do primeiro mutirão de cirurgias eletivas realizado no Brasil, não somente com o intuito de divulgar a iniciativa, mas, sobretudo, para que o conhecimento dessas ações possa incentivar outros estados e também outros mutirões no Espírito Santo. MÉTODO: Estudo descritivo observacional transversal, em que foram avaliados pessoas oriundas da Grande Vitória e do interior do estado do Espírito Santo com deformidades ou sintomas álgicos na região dorsal de origem osteomuscular, classificando-as de acordo com a idade, sexo e patologia, e quando diagnosticado escoliose, se possível classifica-la segundo King, Lenke, Winter et al. e Lounstein e Akbarnia, indicando-se tratamento. RESULTADOS: Foram avaliados 169 pacientes, sendo 48 homens e 121 mulheres, com média de idade de 39,7 anos e 41,1 anos, respectivamente. Foi encontrado 25,4% de pacientes com doenças ortopédicas em geral, 36,1% de doenças específicas da coluna vertebral exceto escoliose e 38,5% de escoliose. Dos pacientes com escoliose, 81,5% eram idiopática do adolescente, com maioria classificada por King como tipo II e por Lenke como tipo I. Dentre outras etiologias da escoliose, a congênita mais comum foi a hemivertebra associada a barra contralateral quando classificado por Winter et al. e das neuromusculares o tipo 2B da classificação de Louenstein e Akbarnia. CONCLUSÃO: Nossos dados epidemiológicos corroboram com a literatura atual. Conseguimos alcançar um numero satisfatório de pacientes com doenças da coluna vertebral, determinar um tratamento e acompanhamento e, ainda, divulgar e orientar a população sobre tais doenças.

Keywords : Escoliose [epidemiologia]; Escólios [patologia]; Escoliose [cirurgia]; Doenças da coluna vertebral.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese