SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue2THE SINS SCALE IN THE EVALUATION OF STABILITY IN PATIENTS WITH SPINAL METASTASISINCIDENCE OF SPINAL CANCER IN A TERTIARY CARE HOSPITAL IN MEXICO author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Coluna/Columna

Print version ISSN 1808-1851On-line version ISSN 2177-014X

Abstract

TELES FILHO, RICARDO VIEIRA et al. USO DAS BANDAS SUBLAMINARES EM CIRURGIA PARA ESCOLIOSE IDIOPÁTICA DO ADOLESCENTE – REVISÃO SISTEMÁTICA DA LITERATURA. Coluna/Columna [online]. 2020, vol.19, n.2, pp.142-147.  Epub May 15, 2020. ISSN 2177-014X.  http://dx.doi.org/10.1590/s1808-185120201902224199.

Objetivo

Em 2003, Mazda et al. apresentaram um novo dispositivo para correção cirúrgica da Escoliose Idiopática do Adolescente (EIA) denominado Bandas Sublaminares (BS). O princípio de redução que as BS utilizam é a translação posteromedial da coluna vertebral, semelhante àquela dos fios de Luque, através do uso de bandas de poliéster.

Métodos

Realizou-se uma revisão sistemática da literatura sobre o tema, avaliando a técnica em relação à correção coronal, correção sagital, sangramento, tempo operatório médio, perda de correção, infecção, pseudoartrose, complicações neurológicas e outras complicações. A busca resultou em 14 artigos publicados nos últimos 10 anos.

Resultados

Observamos que o uso das BS em instrumentações híbridas para correção da EIA proporciona uma redução média de 69% no plano frontal e aumento da cifose torácica de 5º (aumento médio de 55%), 4,5% de complicações em geral e nenhuma complicação neurológica foram apresentadas em todos os estudos analisados. A média de sangramento foi 682,5 mL e o tempo cirúrgico médio de 228,6 minutos.

Conclusões

Conclui-se que a literatura sugere que essa instrumentação é segura, permite boa correção no plano frontal e grande correção no plano sagital. Em relação às complicações, tempo cirúrgico médio e sangramento, todas essas variáveis em média são inferiores se comparadas as das demais construções utilizadas para EIA. Nível de evidência IIA; Revisão sistemática.

Keywords : Curvaturas da Coluna Vertebral; Cirurgia; Próteses e Implantes; Dispositivos de Fixação Ortopédica.

        · abstract in English | Spanish     · text in English     · English ( pdf )