SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número1Pesquisa jurídica no mestrado profissionalEntre o afeto e a sanção: uma crítica à abordagem punitiva da alienação parental índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Direito GV

versão On-line ISSN 2317-6172

Resumo

BRITO JUNIOR, Valdenor Monteiro. A filosofia analítica do Direito é etnograficamente limitada?. Rev. direito GV [online]. 2018, vol.14, n.1, pp.49-78. ISSN 2317-6172.  http://dx.doi.org/10.1590/2317-6172201803.

Este artigo pretende apresentar o potencial caráter WEIRD – Western, Educated, Industrialized, Rich and Democratic – das intuições usadas na filosofia analítica do Direito, fornecendo evidência à crítica feita pela Teoria Naturalizada do Direito de Brian Leiter sobre a limitação etnográfica do recurso às intuições dentro da teoria jurídica. Essas intuições sobre o Direito advêm de um estilo de raciocínio situado no extremo fim analítico da escala “analítico x holístico” que não corresponde ao padrão da humanidade, não produzindo inferências universalizáveis sobre o conceito de Direito.

Palavras-chave : Filosofia analítica do Direito; intuições; Leiter; limitação etnográfica; Teoria Naturalizada do Direito.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )