SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.75 número6Uso de carbonos pirolíticos (Durasphere) no tratamento da insuficiência glótica: estudo experimental em cãesReprodutibilidade do estadiamento endoscópico tridimensional da polipose nasal índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Otorhinolaryngology

versão impressa ISSN 1808-8694

Resumo

FRANCO, Letícia Paiva; CAMARGOS, Paulo Augusto Moreira; BECKER, Helena Maria Gonçalves  e  GUIMARAES, Roberto Eustáquio Santos. Avaliação endoscópica nasal de crianças e adolescentes com fibrose cística. Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.) [online]. 2009, vol.75, n.6, pp.806-813. ISSN 1808-8694.  http://dx.doi.org/10.1590/S1808-86942009000600006.

As principais manifestações otorrinolaringológicas da Fibrose Cística são a rinossinusite crônica e a polipose nasossinusal, com diferentes apresentações clínicas. OBJETIVO: Caracterizar, do ponto de vista nasossinusal, as crianças e adolescentes com fibrose cística por meio de um questionário, do exame clínico e da endoscopia nasal. FORMA DE ESTUDO: Clínico descritivo transversal. MATERIAL E MÉTODO: Avaliação de 100 crianças e adolescentes com fibrose cística por meio de um questionário específico, exame físico otorrinolaringológico, endoscopia nasal e estadiamento endoscópico dos pólipos nasais. RESULTADOS: Os sintomas mais frequentes foram: tosse (45%), respiração oral (44%), distúrbios do sono (42%) e obstrução nasal (37%). Vinte e oito pacientes (28%) apresentaram secreção mucopurulenta nasal e 41% apresentaram abaulamento medial da parede lateral do nariz. Os pólipos nasais foram identificados em apenas 14% dos casos, nenhum deles era obliterante. CONCLUSÃO: O questionário, o exame clínico e especialmente a endoscopia nasal permitiram uma avaliação detalhada das características nasais das crianças e adolescentes com fibrose cística. Alguns achados foram discordantes da literatura, principalmente a baixa prevalência encontrada de pólipos nasais, e parecem estar relacionados com características próprias da população estudada. A melhor caracterização desse grupo de pacientes, do ponto de vista otorrinolaringológico, contribui para uma adequada abordagem multidisciplinar.

Palavras-chave : endoscopia; fibrose cística; polipose.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons