SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.76 issue5Cleft lip and palate: series of unusual clinical casesPilocarpine used to treat xerostomia in patients submitted to radioactive iodine therapy: a pilot study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Otorhinolaryngology

Print version ISSN 1808-8694

Abstract

MATOS, Renata das Merces Bastos de et al. Efeitos da radiação acústica na obtenção dos limiares ósseos. Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.) [online]. 2010, vol.76, n.5, pp. 654-658. ISSN 1808-8694.  http://dx.doi.org/10.1590/S1808-86942010000500020.

Radiação acústica é uma fuga da energia sonora do vibrador ósseo que pode ser detectada pela via aérea. A presença da radiação acústica poderia resultar em um limiar ósseo falso, um gap aéreo-ósseo irreal, nas frequências altas. Esse achado poderia ocorrer em pacientes sem comprometimento de orelha média e com história de doença de orelha interna, onde esse gap não é esperado. OBJETIVO: Verificar os efeitos da radiação acústica no tamanho do gap aéreo-ósseo nas frequências de 2.000, 3.000 e 4.000 Hz. MATERIAL E MÉTODO: Realizou-se estudo clínico e experimental em 101 indivíduos, com presença de gap aéreo-ósseo maior que 10 dB nas frequências de 2.000, 3.000 e/ou 4.000 Hz. Em todos participantes o limiar ósseo foi obtido nas condições: MAE aberto e fechado. RESULTADOS: Constatou-se que o gap aéreo/ósseo que mais sofreu mudança foi da frequência 4.000 Hz. Houve diferença significativa na frequência de mudança de status (misto x neurossensorial); na presença e ausência de diferenças entre via óssea fechada e aberta. CONCLUSÃO: Este estudo comprovou que quando o MAE é ocluído, o fenômeno da radiação acústica é controlado ou evitado, permitindo que as medidas ósseas para as frequências de 3.000 e 4.000 Hz sejam mais precisas.

Keywords : acústica; audiometria de tons puros; condução óssea; radiação.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese