SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.76 issue5Pilocarpine used to treat xerostomia in patients submitted to radioactive iodine therapy: a pilot studyHyperproliferation markers in ear canal epidermis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Otorhinolaryngology

Print version ISSN 1808-8694

Abstract

GUERRA, Tatiana Marques et al. Perfil dos limiares audiométricos e curvas timpanométricas de idosos. Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.) [online]. 2010, vol.76, n.5, pp. 663-666. ISSN 1808-8694.  http://dx.doi.org/10.1590/S1808-86942010000500022.

OBJETIVO: Traçar o perfil audiológico dos idosos atendidos em uma clínica escola da cidade de Belo Horizonte. MÉTODOS: Foram analisados todos os prontuários de pacientes que realizaram avaliação audiológica no período de Abril de 2004 a Agosto de 2007 em um Centro Clínico de Fonoaudiologia da cidade de Belo Horizonte. RESULTADOS: Foram analisados 313 exames audiológicos de pacientes acima de 60 anos de idade. Os resultados das avaliações audiológicas quanto ao tipo da perda auditiva foram: limiares auditivos dentro dos padrões de normalidade - 22,28%; perda auditiva neurossensorial - 60,62%; perda auditiva mista - 14,70%, perda auditiva condutiva - 2,40%. O grau variou de normal a profundo. Quanto à timpanometria, prevaleceu com 83,22% a curva tipo A, sendo que os demais tipos de curvas obtiveram um total de 16,3%. A porcentagem dos indivíduos que não realizou o exame foi de 0,48%. Dos pacientes que apresentaram perda auditiva foram unilaterais 1,76% e 98,24% bilaterais. CONCLUSÕES: Foi constatada uma maior prevalência de perda auditiva do tipo neurossensorial, sendo que o grau de perda variou de leve a profundo, com maior prevalência do grau moderado.

Keywords : audiometria; audição; fonoaudiologia; idoso; presbiacusia.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese