SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.78 número2Surdez pós-lingual: benefícios do implante coclear versus prótese auditiva convencional índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Brazilian Journal of Otorhinolaryngology

versão impressa ISSN 1808-8694

Resumo

MIZIARA, Ivan Dieb et al. Ética da pesquisa em modelos animais. Braz. j. otorhinolaryngol. [online]. 2012, vol.78, n.2, pp. 128-131. ISSN 1808-8694.  http://dx.doi.org/10.1590/S1808-86942012000200020.

A utilização de animais em experimentos científicos é descrita desde o século V a.C. Avanços científicos na área da saúde são atribuídos a modelos animais. O status moral dos animais sempre foi debatido. OBJETIVOS: Este artigo visa à revisão histórica e resumo da legislação atual, para orientar pesquisadores ao utilizar modelos animais na pesquisa em otorrinolaringologia. MATERIAL E MÉTODOS: Pesquisa na base de dados Medline. RESULTADOS: no Brasil, por muitos anos não havia regulamentação para o uso de animais em experimentação. Eram seguidas normas de organizações nacionais e internacionais. Recentemente, foi sancionada a lei nº 11.794/08, que estabelece procedimentos para o uso científico de animais. Na otorrinolaringologia, os estudos com laringe utilizaram coelho, porco, cachorro, cobaias (Cavia porcellus) e camundongo; estudos para face coelho, rato e cachorro; rinoplastia com coelho; e orelha interna com ratos e cobaias (albinas). CONCLUSÕES: Os pesquisadores envolvidos em trabalhos científicos com animais devem conhecer os princípios da lei nº 11.794/08 e pesquisar quais animais são apropriados para cada subárea estudada seus modelos com maior aplicabilidade. Os otorrinolaringologistas, especialmente aqueles que se dedicam à pesquisa, necessitam estar sempre atentos para o respeito às regras éticas de utilização de animais em seus estudos.

Palavras-chave : alternativas ao uso de animais; comitês de ética em pesquisa; modelos animais; ética.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês