SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.78 issue4The histological rarity of thyroid cancerExpression of calcium binding protein S100 A7 (psoriasin) in laryngeal carcinoma author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Otorhinolaryngology

Print version ISSN 1808-8694

Abstract

BARAKY, Letícia Raquel et al. Prevalência de perda auditiva incapacitante em Juiz de Fora, Brasil. Braz. j. otorhinolaryngol. [online]. 2012, vol.78, n.4, pp. 52-58. ISSN 1808-8694.  http://dx.doi.org/10.1590/S1808-86942012000400011.

No Brasil, dados de prevalência da perda auditiva incapacitante (PAI) são escassos, o que impacta o conhecimento dos profissionais da saúde sobre a extensão desse problema. OBJETIVOS: O presente estudo visou estimar a prevalência da PAI no município de Juiz de Fora, MG, identificar possíveis variáveis individuais relacionadas e verificar áreas de risco. MATERIAL E MÉTODOS: Trata-se de estudo descritivo populacional seccional realizado de janeiro a outubro de 2009. Foram selecionados, aleatoriamente, 349 domicílios com 1.050 indivíduos com idade entre 4 dias e 95 anos. Os instrumentos de coleta foram: questionário estruturado da OMS, exame otorrinolaringológico e exames complementares. Teste de qui-quadrado e modelos de regressão de Poisson foram utilizados para análise. RESULTADOS: A prevalência da PAI foi estimada em 5,2% (95% CI = 3,1-7,3) a qual foi classificada como moderada em 3,9% (95% IC = 0,001-0,134), grave em 0,9% (95% IC = 0,001-0,107) e profunda em 0,4% (95% IC = 0,001-0,095). Foi verificada correlação entre PAI e zumbido, idade acima de 60 anos e baixa escolaridade. CONCLUSÕES: Os dados obtidos apontam para a necessidade de se criar programas de saúde auditiva direcionados aos grupos de risco, promovendo qualidade de vida em pacientes com surdez.

Keywords : perda auditiva; saúde pública; surdez.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese