SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.83 issue5Does stapes surgery improve tinnitus in patients with otosclerosis?Hearing handicap in patients with chronic kidney disease: a study of the different classifications of the degree of hearing loss author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Otorhinolaryngology

Print version ISSN 1808-8694On-line version ISSN 1808-8686

Abstract

SILVA, Bárbara Cristiane Sordi et al. Desempenho da percepção de fala no ruído em indivíduos com diabetes mellitus tipo I. Braz. j. otorhinolaryngol. [online]. 2017, vol.83, n.5, pp.574-579. ISSN 1808-8694.  http://dx.doi.org/10.1016/j.bjorl.2016.07.003.

Introdução:

O diabetes mellitus (DM) é um distúrbio metabólico crônico de várias origens, que ocorre quando o pâncreas deixa de produzir insulina em quantidade suficiente ou quando o organismo não consegue responder a esse hormônio de maneira eficiente.

Objetivo:

Avaliar o reconhecimento de fala em indivíduos com diabetes mellitus tipo I (DMI) no silêncio e no ruído competitivo.

Método:

Estudo descritivo, observacional e transversal. Foram incluídos 40 participantes de ambos os sexos entre 18 e 30 anos, divididos em um grupo controle (GC) de 20 indivíduos saudáveis sem queixas ou alterações auditivas, pareados por idade e sexo com o grupo de estudo, composto por 20 indivíduos com diagnóstico de DMI. Inicialmente aplicou-se uma avaliação audiológica (audiometria tonal, logoaudiometria e imitanciometria) para todos os indivíduos; a seguir, os mesmos foram avaliados para o Limiar de Reconhecimento de Sentenças no Silêncio (LRSS) e Limiar de Reconhecimento de Sentenças no Ruído (LRSR), em campo livre, por meio do teste Lista de Sentenças em Português.

Resultados:

Todos os participantes apresentaram audiometria tonal dentro dos padrões de normalidade bilateralmente, logoaudiometria compatível e curva timpanométrica do tipo A. A comparação dos grupos revelou uma diferença estatisticamente significante para LRSS (p = 0,0001), LRSR (p < 0,0001) e a relação sinal-ruído (p < 0,0001).

Conclusões

O desempenho dos indivíduos com DMI para LRSS e LRSR foi pior em comparação com os indivíduos sem diabetes.

Keywords : Diabetes mellitus tipo I; Percepção de fala; Audição; Percepção auditiva.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )