SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.84 issue2Role of preoperative air-bone gap in tinnitus outcome after tympanoplasty for chronic otitis media with tinnitusThe effect of different nasal irrigation solutions following septoplasty and concha radiofrequency: a prospective randomized study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Otorhinolaryngology

Print version ISSN 1808-8694On-line version ISSN 1808-8686

Abstract

LOEKMANWIDJAJA, Jessica et al. Distúrbios do sono em crianças com rinite alérgica persistente moderada-grave. Braz. j. otorhinolaryngol. [online]. 2018, vol.84, n.2, pp.178-184. ISSN 1808-8694.  https://doi.org/10.1016/j.bjorl.2017.01.008.

Introdução

A rinite alérgica está associada a diversas complicações, como, por exemplo, os distúrbios do sono. O Children's Sleep Habits Questionnaire é um questionário para avaliação dos distúrbios do sono em crianças, recentemente traduzido e validado para o português.

Objetivos

Avaliar distúrbios do sono em crianças com rinite alérgica persistente moderada/grave e correlacionar os achados com marcadores de gravidade da doença.

Método

Foram avaliadas 167 crianças (4-10 anos), 112 com rinite alérgica e 55 controles. Todos os responsáveis pelas crianças responderam o questionário, composto por 33 questões dividas em oito subescalas e referentes à última semana. Os pacientes com rinite foram avaliados também pelo escore de sintomas nasais e extranasais referentes à última semana e pelo pico de fluxo inspiratório nasal.

Resultados

Não houve diferenças significantes entre os grupos com relação à idade. Todos os pacientes com rinite eram tratados com corticosteroide tópico nasal. O escore total do questionário foi significantemente maior entre os com rinite do que entre os controles (mediana 48 vs. 43; p < 0,001). Valores significantemente maiores também foram observados para as subescalas de parassonias (9 vs. 8), distúrbios respiratórios (4 vs. 3) e sonolência diurna (14 vs. 12). Entre os pacientes com rinite não foi observada correlação significante entre o escore total do questionário e as variáveis de atividade da doença, porém correlações moderadas foram observadas para a subescala de distúrbios respiratórios vs. escore de sintomas nasais (r = 0,32) e vs. escore de sintomas extranasais (r = 0,32).

Conclusões

Crianças com rinite alérgica persistente moderada-grave, mesmo em tratamento regular, apresentam maior frequência de distúrbios do sono do que controles, particularmente em relação aos distúrbios respiratórios noturnos, à sonolência diurna e às parassonias. A intensidade das alterações do sono encontradas em algumas subescalas se correlacionou com marcadores objetivos de gravidade da rinite alérgica.

Keywords : Distúrbios de sono; Rinite alérgica; Crianças; Questionário escrito.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )