SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue3Follow-up analysis of the motor function of post-stroke individualsComparison of measured and predicted values for maximum respiratory pressures in healthy students author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Fisioterapia e Pesquisa

Print version ISSN 1809-2950

Abstract

TRINDADE, Kiria Maria de Carvalho; SCHMITT, Ana Carolina Basso  and  CASAROTTO, Raquel Aparecida. Queixas musculoesqueléticas em uma Unidade Básica de Saúde: implicações para o planejamento das ações em saúde e fisioterapia. Fisioter. Pesqui. [online]. 2013, vol.20, n.3, pp.228-234. ISSN 1809-2950.  http://dx.doi.org/10.1590/S1809-29502013000300006.

OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi analisar a prevalência de queixas musculoesqueléticas em adultos em uma Unidade Básica de Saúde. MÉTODO: Foram avaliados os usuários atendidos na recepção espontânea no período de março de 2010 a maio de 2011. Ao todo, foram estudados 1.023 indivíduos. A caracterização das queixas foi realizada por meio de questionário com dados sociodemográficos e motivo da procura por atendimento. RESULTADOS: Os dados mostraram que a maioria dos usuários pertence ao sexo feminino (71,2%), está na faixa etária de 31 a 60 anos (50,0%), é solteira (31,6%), aposentada (14,2%) e apresenta queixas em vários sistemas (77,1%). O sistema musculoesquelético é o mais acometido (14,4%), representando o segundo motivo de procura por atendimento (31,0%). Analisando as razões de chance de ocorrência de queixas musculoesqueléticas com relação às variáveis estudadas, verificou-se que pessoas com idade entre 40 e 59 anos apresentaram 3,49 (IC95% 2,17-5,57) vezes mais chances de associação com essas dores do que as demais. Não houve associação entre outros sistemas e variáveis. CONCLUSÃO: A alta prevalência de queixas musculoesqueléticas requer um novo olhar de gestores em saúde para o atendimento destas demandas, pensando em incluir o fisioterapeuta na atenção básica para tratamento de dores de menor complexidade.

Keywords : necessidades e demandas de serviços de saúde; atenção primária à saúde; centros de saúde; fisioterapia.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License