SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número1Análisis del equilibrio postural estático y de la intensidad de los dolores musculoesqueléticas después del uso de plantillas propioceptivas por militares del servicio ostensivo índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Fisioterapia e Pesquisa

versión impresa ISSN 1809-2950versión On-line ISSN 2316-9117

Resumen

MORAES, Wandrea Sylvia Loretta Angulo de et al. Valores médios percorridos no teste de caminhada de seis minutos em crianças saudáveis de Coari (AM). Fisioter. Pesqui. [online]. 2020, vol.27, n.1, pp.2-9.  Epub 06-Abr-2020. ISSN 2316-9117.  https://doi.org/10.1590/1809-2950/18004527012020.

O objetivo desta pesquisa foi estabelecer valores médios percorridos para o teste de caminhada de seis minutos em crianças saudáveis no Norte do Brasil. Este foi um estudo experimental, randomizado, cego e transversal que avaliou 63 crianças saudáveis do sexo masculino e feminino, de 10 a 12 anos, que após terem seus dados antropométricos registrados foram treinadas e instruídas para a realização do teste conforme recomendações da American Thoracic Society, após avaliação-padrão. O teste foi realizado numa pista reta de 30 metros, com marcações a cada 3 metros e cones indicando onde o retorno deveria ser feito para a continuidade do teste. Ao final, foi refeita a avaliação pré-teste. Foi observado índice de massa corporal muito baixo nos meninos de 11 anos, e normal nas outras faixas. A frequência cardíaca imediata pós-teste apresentou-se significativamente elevada em todos os grupos (p<0,001), enquanto todos os outros dados cardiovasculares colhidos não apresentaram alterações. As distâncias percorridas foram significativamente inferiores às previstas por equação-padrão para todos os grupos e sexos (p<0,0001). O valor médio percorrido encontrado em meninas foi de 436,30±56,74m e 460,80±63,90m em meninos, enquanto a média geral foi de 445,70±54,10m, abaixo dos valores esperados para a amostra. O resultado obtido pelo grupo estudado, menor que a média esperada, pode ser creditado ao fenótipo regional, mas o Índice de Desenvolvimento muito mais baixo que a média brasileira deve ter sua influência mais bem estudada. Espera-se que os achados contribuam no apontamento de valores de referência do teste em crianças do Norte brasileiro.

Palabras clave : Teste de Esforço; Criança; Teste de Caminhada.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués | Inglés     · Inglés ( pdf ) | Portugués ( pdf )