SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue2Treatment of retroauricular keloids: revision of cases treated at the ENT service of HC/UFPRCorrelation between nasopharyngoscopy and cephalometry in the diagnosis of hyperplasia of the pharyngeal tonsils author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


International Archives of Otorhinolaryngology

Print version ISSN 1809-9777

Abstract

SCHUSTER, Larissa Cristina; COSTA, Maristela Julio  and  MENEGOTTO, Isabela Hoffmeister. A expectativa como fator de influência no sucesso com o uso de próteses auditivas, em indivíduos idosos. Int. Arch. Otorhinolaryngol. [online]. 2012, vol.16, n.2, pp.201-208. ISSN 1809-9777.  http://dx.doi.org/10.7162/S1809-97772012000200008.

INTRODUÇÃO: Próteses auditivas destacam-se em função das tecnologias que as tornam cada vez menores, mais potentes e eficientes. O marketing pode gerar expectativas irreais quanto aos resultados com o uso de amplificação, principalmente em indivíduos inexperientes. OBJETIVO: Verificar a relação entre expectativas e sucesso do processo de seleção e adaptação de próteses auditivas em idosos. MÉTODO: Estudo clínico e experimental, 16 indivíduos idosos, inexperientes com o uso de amplificação, foram avaliados 15 dias antes e após a seleção e adaptação de próteses auditivas. Utilizou-se "Questionário para avaliação das expectativas do indivíduo adulto/idoso, novo usuário de próteses auditivas", Hearing Handicap Inventory for the Elderly/Screening Version, para avaliação da percepção da restrição de participação e o Questionário Internacional - Aparelho de Amplificação Sonora Individual (QI-AASI), para verificar o benefício subjetivo com o uso das próteses auditivas. Determinou-se o Índice Percentual de Reconhecimento de Sentenças no Silêncio (IPRSS), por meio do teste Listas de Sentenças em Português para verificar o benefício objetivo da adaptação. Os dados foram analisados por meio de teste não-paramétrico, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Toda a amostra apresentou expectativas positivas. Subjetivamente verificou-se benefício pela diminuição da percepção da restrição de participação e pela avaliação positiva da adaptação, evidenciada pelo QI-AASI. Objetivamente a melhora do IPRSS com o uso de próteses auditivas também evidenciou beneficio. CONCLUSÃO: a expectativa quanto aos resultados com o uso de amplificação, foi fator de influência negativa no sucesso do processo de seleção e adaptação de próteses auditivas, no âmbito subjetivo.

Keywords : auxiliares de audição; idoso; reabilitação de deficientes auditivos; questionários; sistema único de saúde.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf epdf ) | Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License