SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue4Efficacy of endoscopic sinus surgery in the treatment of chronic RhinosinusitisAssociation between hearing loss and depressive symptoms in elderly author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos Internacionais de Otorrinolaringologia

Print version ISSN 1809-4872

Abstract

CARVALHO, Thiago Bittencourt Ottoni de et al. Análise retrospectiva de cirurgias rinossinusais em um hospital escola. Arquivos Int. Otorrinolaringol. (Impr.) [online]. 2010, vol.14, n.4, pp. 438-443. ISSN 1809-4872.  http://dx.doi.org/10.1590/S1809-48722010000400010.

INTRODUÇÃO: A otorrinolaringologia é uma especialidade médica que abrange 4,4% do total de médicos paulistas, tendo uma variedade de procedimentos cirúrgicos distribuídos entre faringe, nariz, ouvido e laringe. O conhecimento do perfil de um serviço de referência em otorrinolaringologia permite a sua melhor organização, dimensionamento do volume do atendimento e das cirurgias realizadas, proporcionando uma melhor formação ao aluno e ao médico residente. OBJETIVO: Descrever o perfil das cirurgias nasossinusais e dos pacientes submetidos a elas no departamento de otorrinolaringologia e cirurgia de cabeça e pescoço de um hospital escola. MÉTODO: Foi realizado estudo de coorte histórico com corte transversal retrospectivo, com revisão de 872 prontuários de pacientes submetidos a cirurgias rinossinusais entre janeiro de 2006 e dezembro de 2008. Utilizado questionário próprio, buscando sexo, idade, diagnóstico cirúrgico e cirurgia realizada. RESULTADOS: Do total de 872 pacientes analisados, 45,4% eram sexo feminino e 54,6% sexo masculino, variando em uma faixa etária 4 a 80 anos (média de 29,8 anos). Os principais diagnósticos cirúrgicos foram: desvio septo nasal(n=457), deformidade nasal pós-trauma (n=287), hipertrofia de conchas nasais (n=153), polipose rinossinusal(n=73), rinossinusite crônica(n=32). Entre os procedimentos cirúrgicos mais frequentemente realizadas, estão: septoplastia (n=388), rinosseptoplastia (n=215), FESS (n=131), cauterização intra-turbinal(n=114), rinoplastia reparadora(n=73), turbinectomia(n=43), turbinoplastia (n=55). Ressalta-se que os pacientes podem ter recebido mais de um diagnóstico cirúrgico e realizado mais de uma cirurgia, dependendo da indicação. CONCLUSÃO: Apresenta-se o volume e a diversidade de cirurgias rinossinusais realizadas em nosso serviço, contribuindo com a escassa produção científica sobre esse tipo de casuística.

Keywords : doenças nasais; nariz; neoplasias nasais; rinoplastia; procedimentos cirúrgicos otorrinolaringológicos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese