SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número1Fratura de osso temporal em pacientes com traumatismo crânio-encefálicoAvaliação da qualidade de vida em pacientes respiradores orais índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Arquivos Internacionais de Otorrinolaringologia

versão impressa ISSN 1809-4872

Resumo

GUIDA, Heraldo Lorena; SOUSA, Ariane Laís de  e  CARDOSO, Ana Cláudia Vieira. Relação entre os achados da avaliação audiométrica e das emissões otoacústicas em policiais militares. Arquivos Int. Otorrinolaringol. [online]. 2012, vol.16, n.1, pp. 67-73. ISSN 1809-4872.  http://dx.doi.org/10.7162/S1809-48722012000100010.

INTRODUÇÃO: As emissões otoacústicas podem ser uma alternativa para avaliação coclear na perda auditiva induzida por ruído (PAIR). OBJETIVO: verificar a correlação entre os achados da audiometria tonal e os resultados das emissões otoacústicas produto de distorção (EOAPD) em policiais militares. MÉTODO: a partir de estudo transversal e retrospectivo, 200 policiais militares foram submetidos à avaliação audiológica - audiometria tonal liminar e EOAPD. RESULTADOS: considerando o disposto na Portaria 19 do Ministério do Trabalho, os resultados foram sugestivos de perda auditiva induzida por níveis de pressão sonora elevados em 58 indivíduos, distribuídos da seguinte forma: 28 (48,3%) casos bilaterais e 30 (51,7%) casos unilaterais, sendo 15 (25,85%) em cada orelha. A análise de correlação entre a audiometria e as EOAPD, demonstrou significância estatística na maior parte das frequências testadas, em ambas as orelhas, confirmando que quanto maior o grau de perda auditiva, menor a amplitude das EOAPD. Além disso, foi observada existência de diferença significativa das amplitudes das EOAPD entre indivíduos normo ouvintes e portadores de perda auditiva, confirmando o rebaixamento das respostas no grupo com perda da audição. CONCLUSÃO: considerando que houve correlação entre a audiometria e o teste de EOAPD, concluímos que as emissões otoacústicas podem ser uma ferramenta complementar, para a detecção e controle de PAIR em policias militares.

Palavras-chave : avaliação; audiometria; polícia; militares.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português