SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número1Relação entre os achados da avaliação audiométrica e das emissões otoacústicas em policiais militaresAvaliação do benefício com o uso da amplificação sonora em crianças e adolescentes índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Arquivos Internacionais de Otorrinolaringologia

versão impressa ISSN 1809-4872

Resumo

POPOASKI, Cristiane et al. Avaliação da qualidade de vida em pacientes respiradores orais. Arquivos Int. Otorrinolaringol. [online]. 2012, vol.16, n.1, pp. 74-81. ISSN 1809-4872.  http://dx.doi.org/10.7162/S1809-48722012000100011.

INTRODUÇÃO: A respiração oral é um sintoma frequente na infância e exerce diversas alterações que comprometem o desenvolvimento físico e cognitivo infantil,influenciando negativamente na qualidade de vida do paciente. OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida do respirador oral, comparando-a com não respiradores orais. MÉTODO: Estudo transversal descritivo, prospectivo com uma amostra de 71 pacientes de 4 a 17 anos, sendo 39 respiradores orais atendidos por otorrinolaringologistas e 32 pacientes não respiradores orais como grupo controle, avaliados quanto à qualidade de vida através de um questionário. RESULTADOS: Os respiradores orais apresentaram mais problemas nasais, com o sono e alimentares, além de uma maior pontuação média para roncar à noite (p<0,0001), quando comparados ao grupo controle. A prevalência de roncos noturnos nos pacientes respiradores orais foi de 87,2%. A alta pontuação na escala de respostas significou uma pior qualidade de vida. CONCLUSÃO: A Síndrome do Respirador Oral parece estar relacionada a um impacto negativo na qualidade de vida, principalmente no que se refere aos problemas nasais, com o sono e alimentação. Futuros estudos com a aplicação do mesmo questionário tornam-se necessários para que este possa se tornar um instrumento capaz de avaliar a qualidade de vida dos pacientes em questão.

Palavras-chave : respiração bucal; qualidade de vida; ronco; tonsila faríngea; tonsila palatina.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português