SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número1Avaliação da qualidade de vida em pacientes respiradores oraisIntensidade do ruído produzido em sala de aula e análise de emissões acústicas em escolares índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Arquivos Internacionais de Otorrinolaringologia

versão impressa ISSN 1809-4872

Resumo

AURELIO, Nilvia Herondina Soares; TORRES, Enma Mariángel Ortiz; LOPES, Aline da Silva  e  COSTA, Maristela Julio. Avaliação do benefício com o uso da amplificação sonora em crianças e adolescentes. Arquivos Int. Otorrinolaringol. [online]. 2012, vol.16, n.1, pp. 82-90. ISSN 1809-4872.  http://dx.doi.org/10.7162/S1809-48722012000100012.

OBJETIVO: Avaliar o benefício proporcionado pela amplificação sonora em crianças e adolescentes atendidos pelo programa de atenção à saúde auditiva da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). MÉTODO: Participaram deste estudo 63 indivíduos com idade entre 03 e 14 anos e seus familiares. Para avaliar o benefício proporcionado pela amplificação sonora foi aplicada a Escala de Integração Auditiva Significativa para Crianças Pequenas (IT-MAIS), para as crianças com menos de 04 anos; a Escala de Integração Auditiva Significativa (MAIS), para as crianças de 04 a 07 anos e o questionário de avaliação do benefício em crianças e jovens, para os indivíduos de 08 a 14 anos. RESULTADOS: Somente um indivíduo pôde ser avaliado através da escala IT-MAIS, o qual obteve a pontuação 0 (zero), indicando ausência dos comportamentos auditivos avaliados. Dez indivíduos foram avaliados através da escala MAIS, sendo que a pontuação média encontrada na avaliação dos comportamentos auditivos foi de 19,9. Foram avaliados 52 indivíduos através do questionário de avaliação do benefício em crianças e jovens, sendo que as respostas positivas relacionadas ao benefício proporcionado pelas próteses em diferentes situações foram as mais encontradas em todos os itens. CONCLUSÃO: Foi verificado benefício proporcionado pela amplificação sonora, em diferentes situações da vida diária, tanto pela ótica do paciente, quanto de sua família. Em alguns casos, onde foi encontrado pouco ou nenhum benefício, houve influência de outras alterações clínicas, além da perda auditiva, influenciando no uso efetivo das próteses auditivas.

Palavras-chave : audição; perda auditiva; auxiliares de audição; criança; questionários.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português