SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número1Cisto nasolabial bilateral como causa de obstrução nasal: relato de caso e revisão de literaturaEvolução clínica e tomográfica da osteomielite frontal: relato de caso índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Arquivos Internacionais de Otorrinolaringologia

versão impressa ISSN 1809-4872

Resumo

CARVALHO, Thiago Bittencourt Ottoni de; FERNANDES, Atílio Maximino  e  SANCHES, Raphael Angelo. Abscesso de língua: relato de caso. Arquivos Int. Otorrinolaringol. [online]. 2012, vol.16, n.1, pp. 126-129. ISSN 1809-4872.  http://dx.doi.org/10.7162/S1809-48722012000100019.

INTRODUÇÃO: Os abscessos na língua são raros mesmo estando frequentemente em contato com traumas, mordeduras, e corpos estranhos. Isto decorre devido às características imunológicas da saliva e algumas características histológicas e anatômicas da língua. Este trabalho tem como objetivo relatar um caso de abscesso de língua ocorrido em nosso serviço, e fazer uma revisão da literatura. RELATO DO CASO: Paciente 76 anos, sexo masculino, atendido com queixa de dor a deglutição de evolução progressiva há uma semana, com piora importante há 3 dias. Relata história de cirurgia para implante dentário no início do período. Na admissão durante o exame da cavidade oral foi evidenciado abaulamento de aproximadamente 2X2 cm no terço médio posterior de língua à direita, doloroso a palpação. Optou-se pela internação do paciente. Solicitou-se uma ressonância nuclear magnética que evidenciou lesão sugestiva de abscesso na base da língua à direita. Foi submetido a tratamento clínico com antibioticoterapia drenagem cirúrgica. O paciente evoluiu satisfatoriamente. DISCUSSÃO: A manifestação clínica do abscesso de língua pode ser variada. O diagnóstico deve ser feito pela história clínica, correlacionando os fatores de risco associados, exame físico e aos exames de imagem confirmatórios. A etiologia e os diagnósticos diferenciais devem ser considerados dependendo do local da manifestação clínica. A abordagem deve incluir a permeabilidade da via aérea, suporte clínico, antibioticoterapia sistêmica e drenagem do abscesso. CONSIDERAÇÕES FINAIS: O abscesso de língua deve entrar no diagnóstico diferencial dos abaulamentos de língua devendo ser conduzido com antibioticoterapia e drenagem cirúrgica de maneira rotineira.

Palavras-chave : abscesso; doenças da língua; língua; implante dentário.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português