SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue3Temporal comparison theory and elderly satisfaction with their body: a preliminary studyThe elderly mortality profile: analysis of the temporal evolution in a capital of the Brazilian northeast from 1996 to 2007 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia

Print version ISSN 1809-9823

Abstract

RENOVATO, Rogério Dias  and  BAGNATO, Maria Helena Salgado. Idosos hipertensos na atenção básica em saúde: discursos e identidades. Rev. bras. geriatr. gerontol. [online]. 2012, vol.15, n.3, pp. 423-431. ISSN 1809-9823.  http://dx.doi.org/10.1590/S1809-98232012000300004.

O objetivo da pesquisa foi conhecer e compreender como os sujeitos se reconhecem na posição de idosos, como se percebem hipertensos e como experienciam o tratamento anti-hipertensivo. Pesquisa de abordagem qualitativa, descritiva e exploratória, realizada em unidade de saúde da família de Dourados, MS. Os aportes teóricos da análise foram os Estudos Culturais. Foram entrevistados dez idosos hipertensos, sendo dois homens e oito mulheres. Os idosos tinham entre 60 e 88 anos, sendo cinco viúvas, e todos com ensino fundamental incompleto. Os processos identitários estão vinculados a gênero, estado marital e relação com as gerações. O envelhecimento parece se concretizar quando não se sentem produtivos. A hipertensão e o tratamento decorrente estão entremeados nos processos de subjetivação dos idosos, sendo que o uso de medicamentos para alguns parece estar incorporado ao cotidiano, porém outros relataram aversão. Desse modo, os significados da velhice contemporânea pertencem a um período singular e são integrantes de processos históricos mais amplos e complexos.

Keywords : Saúde do idoso; Atenção primária em saúde; Hipertensão; Uso de medicamentos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese