SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue3Hypertensive elderly people in primary health care: discourses and identitiesAging index development in Brazil, regions, and federative units from 1970 to 2010 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia

On-line version ISSN 1981-2256

Abstract

SILVA, Vanessa de Lima; ALBUQUERQUE, Maria de Fátima Pessoa Militão de; CESSE, Eduarda Ângela Pessoa  and  LUNA, Carlos Feitosa. Perfil de mortalidade do idoso: análise da evolução temporal em uma capital do Nordeste brasileiro de 1996 a 2007. Rev. bras. geriatr. gerontol. [online]. 2012, vol.15, n.3, pp.433-441. ISSN 1981-2256.  http://dx.doi.org/10.1590/S1809-98232012000300005.

OBJETIVO: Este trabalho objetivou analisar a evolução temporal da mortalidade de idosos no município de Recife no período de 1996 a 2007. MÉTODOS: Realizou-se estudo de evolução temporal, com o universo de óbitos da população idosa (>60 anos). Os coeficientes de mortalidade foram calculados, padronizados por idade e sexo, pelo método direto para subgrupos etários, sexo, estado civil, causa básica de óbito, local de ocorrência e assistência médica na base de mil habitantes.  Foram realizadas análises descritivas e análise de regressão linear. RESULTADOS: A mortalidade em idosos no Recife apresenta tendência de declínio na série analisada, com maiores coeficientes entre os idosos longevos (>80 anos). Os idosos homens apresentam maior mortalidade em relação às idosas, com tendência de diminuição dos coeficientes. Quanto ao estado civil, houve aumento da mortalidade entre idosos solteiros e separados judicialmente. A maioria dos óbitos ocorreu em hospitais e com assistência médica no momento do óbito. Foi observada tendência de decréscimo da mortalidade por doenças do aparelho circulatório, doenças infecciosas e parasitárias, doenças do aparelho digestivo e sinais e sintomas mal definidos e aumento da mortalidade por doenças do aparelho geniturinário. A evolução da mortalidade por neoplasias, doenças endócrinas, nutricionais e metabólicas, doenças do aparelho respiratório e causas externas não sofreu variações. CONCLUSÕES: A mortalidade do idoso recifense apresentou padrão semelhante à realidade nacional, destacando-se a tendência de redução dos coeficientes de mortalidade.

Keywords : Mortalidade; Idoso; Sistemas de informação; Recife.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License