SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue3Quality of life and cognitive level of elderly members of conviviality groupsInfluence of religious orientation in the quality of life of active elderly author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia

Print version ISSN 1809-9823

Abstract

MARTIN, Fabíola Giannattasio; NEBULONI, Clarice Cavalero  and  NAJAS, Myrian Spínola. Correlação entre estado nutricional e força de preensão palmar em idosos. Rev. bras. geriatr. gerontol. [online]. 2012, vol.15, n.3, pp. 493-504. ISSN 1809-9823.  http://dx.doi.org/10.1590/S1809-98232012000300010.

No envelhecimento ocorrem mudanças corpóreas, dentre as quais a diminuição de massa magra com prejuízo na força muscular, afetando a capacidade funcional. Atualmente, o teste de Força de Preensão Palmar (FPP) está sendo utilizado para avaliar a força muscular global como auxiliar na avaliação nutricional. OBJETIVO: Verificar a correlação entre o estado nutricional e a FPP em idosos. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com idosos atendidos em ambulatórios de uma universidade pública federal. Para a classificação do estado nutricional, utilizam-se: índice de massa corpórea (IMC), avaliação nutricional por meio da Mini-Avaliação Nutricional (MAN), circunferência da panturrilha (CP) e FPP realizada com auxílio de um dinamômetro manual hidráulico. Utilizaram-se como referência para a FPP e IMC os pontos de cortes divididos por gênero (projeto SABE/OPAS). RESULTADOS: Amostra constituída (n=42) na sua maioria por mulheres (66,7%), apresentando em média 26,82 pontos na MAN e pelo IMC a maioria dos idosos eram eutróficos - 46,4% mulheres e 57,1% homens. Homens e mulheres obtiveram média superior a 31 cm de circunferência da panturrilha (CP). A média de força para homens foi superior ao valor obtido pelas mulheres. Não houve diferença estatisticamente significante entre o estado nutricional classificado pelo IMC e a FPP para homens e mulheres; houve correlação estatisticamente significante (p 0,008) entre o estado nutricional classificado pela MAN e a força de preensão palmar na amostra total. CONCLUSÕES: Dentre os métodos para avaliar o estado nutricional, apenas a MAN correlacionou-se positivamente com a FPP, que é uma medida associada à funcionalidade em idosos.

Keywords : Envelhecimento; Avaliação Nutricional; Dinamômetro de Força Muscular; Força muscular.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese