SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue3Profile of elderly in violence situation assisted at an emergency service in Recife-PEEffects of resistance training on muscle strength and the self-perception of health in elderly women author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia

Print version ISSN 1809-9823

Abstract

AVELAR, Laila Fernanda de Souza; OLIVEIRA JUNIOR, Mario Norberto Sevílio de  and  NAVARRO, Francisco. Influência do exercício físico na sintomatologia de mulheres climatéricas. Rev. bras. geriatr. gerontol. [online]. 2012, vol.15, n.3, pp. 537-545. ISSN 1809-9823.  http://dx.doi.org/10.1590/S1809-98232012000300014.

O objetivo deste estudo foi verificar as alterações da sintomatologia climatérica em mulheres, decorrentes da prática de um programa de exercício físico aeróbio. Constituiu pesquisa descritiva do tipo experimental e cunho quantitativo. Participaram do estudo oito mulheres com faixa etária 55,25 ± 2,71 anos, estatura 1,49 ± 0,04m, massa corporal 64,55 ± 14,73 Kg, IMC 29,98 ± 5,48 Kg/ m2, e pressão arterial média 120/82 mmHg, que executaram programa de exercícios físicos (oito semanas), em dois estágios de quatro semanas cada, sendo em quatro delas sem controle da intensidade e em quatro com controle (70% FC) As participantes, ao iniciarem o protocolo tiveram avaliada sintomatologia a cada quatro semanas de exercício. Para a análise estatística dos dados, utilizaram-se a relação de média, desvio-padrão, valores máximos e mínimos, coeficiente de variância e o teste t para observações pareadas. Com efeito significativo em 5%, os resultados obtidos foram a melhora na sintomatologia climatérica, segundo os escores do Índice Menopausal de Blatt Kupperman, com a prática do protocolo de exercício físico aeróbio proposto em 15,62% após quatro semanas, e 16,28% após oito semanas; e melhora na capacidade aeróbia da classificação boa para excelente segundo a American Heart Association, com ganhos de 27,82%. Conclui-se que a execução do protocolo de exercício físico proposto trouxe melhoras na sintomatologia climatérica nas mulheres participantes do estudo nos dois estágios, com melhora total de 23,85%, apesar da duração de apenas oito semanas.

Keywords : Envelhecimento; Mulheres; Climatério; Sintomas; Exercício Físico; Análise Estatística.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese