SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número4Impacto da estimulação cognitiva sobre depressão, ansiedade, cognição e capacidade funcional em adultos e idosos de uma universidade aberta da terceira idadeFatores associados à resiliência de cuidador familiar de pessoa com demência: revisão sistemática índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia

versão On-line ISSN 1981-2256

Resumo

COSTA, Letícia Miranda Resende da; SCHULZ, Anelise; HAAS, Aline Nogueira  e  LOSS, Jefferson. Os Efeitos do Método Pilates Aplicado à População Idosa: Uma Revisão Integrativa. Rev. bras. geriatr. gerontol. [online]. 2016, vol.19, n.4, pp.695-702. ISSN 1981-2256.  https://doi.org/10.1590/1809-98232016019.150142.

Introdução:

O Método Pilates tem sido considerado um sistema de exercício que visa melhora da flexibilidade, resistência física, força, equilíbrio e coordenação motora. Desta forma, muitos idosos têm procurado o Método em busca da melhora ou manutenção da saúde.

Objetivo:

O objetivo deste estudo foi revisar os efeitos do Método Pilates em idosos.

Método:

Esta é uma revisão integrativa, onde foram incluídos estudos com idosos submetidos à intervenção com o Método Pilates associadas ou não a outras técnicas. A questão norteadora considerada dispõe acerca do que já foi produzido na literatura sobre os efeitos do Método Pilates em idosos. As buscas foram realizadas em maio de 2014 nas bases de dados eletrônicas: MEDLINE (PubMed), Scopus e Physiotherapy Evidense Databasa (PEDro).

Resultados:

Do total de 445 estudos que resultaram da busca, foram incluídos 17 artigos. Diversas variáveis foram analisadas, sendo que o equilíbrio e o risco de quedas foram as mais descritas.

Conclusão:

As variáveis mais pesquisadas foram o equilíbrio e o risco de quedas e esses estudos são consensuais em relação à melhora dessas variáveis. O aumento da flexibilidade também é consensual, porém em relação aos demais efeitos relatados na literatura, ainda há controvérsia ou dados isolados e consequentemente inconclusivos. Dentre os estudos encontrados, a maioria foi experimental, dentre eles, apenas dois ensaios clínicos randomizados. Sugere-se a realização de outros ensaios clínicos que abordem o tema para que revisões sistemáticas com metanálise possam ser realizadas posteriormente garantindo maior confiabilidade dos resultados sugeridos neste estudo.

Palavras-chave : Pilates; idosos; exercício físico; revisão integrativa.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )