SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue5Perception of oral health in home care of caregivers of the elderlyAssessment of hemodynamic and vascular parameters in Alzheimer's disease, vascular dementia and mild cognitive abnormalities: a pilot study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia

On-line version ISSN 1981-2256

Abstract

SOUZA, Carine Fernandes de et al. Relação entre força e massa muscular em mulheres de meia-idade e idosas: um estudo transversal. Rev. bras. geriatr. gerontol. [online]. 2017, vol.20, n.5, pp.660-669. ISSN 1981-2256.  https://doi.org/10.1590/1981-22562017020.170021.

Objetivo:

Analisar a relação entre a força de preensão manual e a força de membro inferior com a quantidade de massa muscular esquelética segmentar em mulheres de meia-idade e idosas.

Métodos:

Trata-se de um estudo observacional analítico de caráter transversal, realizado com 540 mulheres entre 40 e 80 anos, nos municípios de Parnamirim e Santa Cruz, no estado do Rio Grande do Norte. Foram avaliados dados sociodemográficos, medidas antropométricas, dinamometria de preensão manual, flexores e extensores de joelho dos membros dominantes, além da massa muscular segmentar dos respectivos membros. Os dados foram analisados utilizando o Test t de Student, o Teste de qui-quadrado, o Tamanho do Efeito e a Correlação de Pearson (IC 95%).

Resultados:

Houve correlações estatisticamente significativas fracas e moderadas entre força de preensão e massa muscular de membro superior, força de flexão de joelho e massa muscular de membro inferior e entre força de extensão e massa muscular de membro inferior para as faixas etárias de 40 a 59 anos e 60 anos ou mais (p<0,05).

Conclusões:

A força muscular se correlaciona com a massa muscular esquelética. Desta forma, a mesma pode ser um indicador da diminuição da força, mas não o único, haja vista as correlações apresentarem-se de forma fraca e moderada, o que requer mais estudos sobre essa temática para elucidar quais os componentes que podem também influenciar na perda da força com o avançar da idade.

Keywords : Força muscular; Mulheres; Envelhecimento; Composição Corporal.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )