SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue5Relationship between strength and muscle mass in middle-aged and elderly women: a cross-sectional studyMedication use by the elderly: analysis of prescribing, dispensing, and use in a medium-sized city in the state of São Paulo author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia

On-line version ISSN 1981-2256

Abstract

SANTOS, José Ivany dos et al. Avaliação de parâmetros hemodinâmicos e vasculares na doença de Alzheimer, demência vascular e alterações cognitivas leves: um estudo piloto. Rev. bras. geriatr. gerontol. [online]. 2017, vol.20, n.5, pp.670-678. ISSN 1981-2256.  http://dx.doi.org/10.1590/1981-22562017020.160211.

Objetivo:

Este estudo piloto comparativo correlaciona parâmetros cardiovasculares como aterosclerose e rigidez arterial em pacientes com demências relacionadas à idade e busca diferenças hemodinâmicas que possam auxiliar no diagnóstico diferencial.

Método:

Estudo longitudinal prospectivo em 46 pacientes com idade entre 60 e 80 anos divididos em três grupos: Portadores de Doença de Alzheimer (DA), Demência Vascular (DV) ou Alterações Cognitivas Leves (ACL), no município de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. A classificação dos grupos deu-se por investigação clínica e exames de tomografia computadorizada ou ressonância magnética nuclear do encéfalo. Todos os pacientes foram submetidos à avaliação indireta da rigidez arterial por mensuração não invasiva de parâmetros hemodinâmicos como a velocidade de onda de pulso, pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica e pressão de pulso pelo equipamento Mobil-O-Graph e também submetidos à avaliação ecográfica da artéria carótida por duplex Scan. A análise dos dados foi realizada por estatísticas descritivas, regressão logística multinomial e análise de variância.

Resultado:

Foram classificados 18 pacientes (39,1%) como portadores de ACL, 18 (39,1%) de DA e 10 (21,8%) de DV. Exames de imagem apontaram microangiopatia obstrutiva maior em DA (p<0,05) quando comparado ao controle ACL, que por sua vez mostrou maior padrão de normalidade nos exames de imagem quando comparado a DA (p<0,05). Não foram observadas diferenças significativas entre os grupos para as variáveis hemodinâmicas. Exames ecográficos mostraram maior padrão de normalidade em ACL comparado a DA (p<0,05).

Conclusão:

Os resultados não inferem que métodos de avaliação hemodinâmica não invasiva possam ser utilizados como auxiliares no diagnóstico diferencial entre essas patologias.

Keywords : Demência Vascular; Doença de Alzheimer; Análise de onda de pulso; Rigidez Vascular.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )