SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número6Validade de um questionário para avaliação do apoio social informal para idosos: seção 1Satisfação com a imagem corporal, estado nutricional, indicadores antropométricos e qualidade de vida em idosos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia

versão impressa ISSN 1809-9823versão On-line ISSN 1981-2256

Resumo

ALMEIDA, Wellinton Lucas Silva de et al. Apoio social e processamento cognitivo entre idosos cuidadores e não cuidadores de outros idosos. Rev. bras. geriatr. gerontol. [online]. 2018, vol.21, n.6, pp.657-666. ISSN 1981-2256.  https://doi.org/10.1590/1981-22562018021.180107.

Objetivo

: analisar as medidas de apoio social e de processamento cognitivo de idosos cuidadores e não cuidadores.

Método

: trata-se de um estudo comparativo, transversal e quantitativo. Os participantes foram divididos em dois grupos: 41 idosos cuidadores de outros idosos (G1) e 41 idosos não cuidadores (G2). Foram identificadas variáveis sociodemográficas, de cuidado e de saúde, apoio social, cognição e processamento cognitivo (obtido por meio da capitação do potencial evocado auditivo de longa latência, com o aparelho Neuron-Spectrun-4/EPM).

Resultados

: no G1, a maioria era do sexo feminino (n=33; 80,5%), com vida conjugal (n=34; 82,9%), média de idade de 68,5 (±5,8) anos, média de 4,5 (±3,7) anos de escolaridade e prestava o cuidado em média por 18,0 (±18,4) anos por 6,5 (±5,1) horas de cuidado diárias. No G2, a maioria era do sexo feminino (n=31; 75,6%), viúvas (n=23; 56,1%), com média de idade de 69,8 (± 7,2) anos e média de 3,7 (±2) anos de escolaridade. Quanto ao apoio social, cognição e processamento cognitivo não houve diferenças estatisticamente significantes entre os grupos.

Conclusão

: não houve influência negativa da tarefa de cuidar no apoio social e processamento cognitivo. Esta pesquisa poderá trazer contribuições para o planejamento de ações junto aos cuidadores da atenção primária à saúde e pesquisas futuras para investigar outros fatores que permeiam essa relação.

Palavras-chave : Cuidadores; Apoio Social; Saúde do Idoso; Cognição.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )