SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número1Perímetro do abdômen é o melhor indicador antropométrico de riscos para doenças cardiovascularesAssociações entre actividade física, habilidades e coordenação motora em crianças portuguesas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano

versão On-line ISSN 1980-0037

Resumo

SILVA JUNIOR, João Pedro da et al. Estabilidade das variáveis de aptidão física e capacidade funcional de mulheres fisicamente ativas de 50 a 89 anos. Rev. bras. cineantropom. desempenho hum. (Online) [online]. 2011, vol.13, n.1, pp.8-14. ISSN 1980-0037.  http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2011v13n1p8.

O objetivo da pesquisa foi verificar o efeito de um programa de atividade física e estabilidade das variáveis de aptidão física e capacidade funcional de mulheres adultas fisicamente ativas. A amostra foi composta por 34 mulheres entre 50-89 anos, participantes de um grupo de atividade física da Universidade Camilo Castelo Branco. Critérios de inclusão: adesão mínima de 75% de frequência às aulas (3x/semana) e ter realizado, no mínimo, uma avaliação por ano entre 2005-2007. Todas as avaliações foram realizadas no mês de junho. As medidas antropométricas foram: massa corporal, estatura, circunferência da cintura e quadril; neuromotoras: levantar da cadeira em segundos, levantar da cadeira em 30 segundos, flexão de cotovelo, shuttle-run, equilíbrio estático e dinâmico; e metabólica: marcha estacionária de 2 minutos, foi seguida a padronização CELAFISCS. A análise dos dados foi feita pela ANOVA - One Way seguida do "post hoc de Scheffé", delta percentual e correlação de Spearman Rho. O nível de significância adotado foi o p<0,05. Nas três avaliações realizadas, a massa corporal, índice de massa corporal e relação cintura quadril indicaram valores de excesso de peso. A capacidade funcional demonstrou incremento na força de membros superiores (42%) e inferiores (5,2%) e para o equilíbrio (14,1%), essas mudanças foram significativas, o mesmo não aconteceu para agilidade (2,1%), isso comparando 2005-2007. O índice de massa corporal, relação cintura quadril, força e equilíbrio estático a estabilidade variou de 0,26 a 0,91 (p<0,05). O programa de atividade física contribuiu para a manutenção da aptidão física e capacidade funcional de mulheres adultas.

Palavras-chave : Atividade física; Aptidão física; Envelhecimento.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons