SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue3Evaluation of hydration status following soccer matches of different categoriesChronic effect of static stretching performed during warm-up on flexibility in children author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano

On-line version ISSN 1980-0037

Abstract

CACERES, Juan Marcelo Simões; ULBRICH, Anderson Zampier; PANIGAS, Tiago Facchini  and  BENETTI, Magnus. Equações de predição da aptidão cardiorrespiratória de adultos sem teste de exercícios físicos. Rev. bras. cineantropom. desempenho hum. [online]. 2012, vol.14, n.3, pp. 287-295. ISSN 1980-0037.  http://dx.doi.org/10.5007//1980-0037.2012v14n3p287.

A ferramenta mais precisa para avaliação da aptidão cardiorrespiratória é o teste cardiopulmonar de esforço. Entretanto, para sua utilização, são necessários equipamentos de custo elevado, técnicos bem treinados e tempo, restringindo sua utilização em estudos populacionais. Desta forma, o objetivo do estudo foi desenvolver modelos de predição da aptidão cardiorrespiratória de adultos, por meio de variáveis de simples mensuração. Foram utilizados os dados de 8.293 sujeitos, sendo 5.291 homens e 3.235 mulheres. A amostra constituiu-se de dados retrospectivos da cidade de Florianópolis - SC, abrangendo sujeitos entre 18 e 65 anos. Para estimar o consumo de oxigênio de pico (VO2pico), mensurado de maneira direta, foram associados os dados de: idade, massa corporal, condicionamento, estatura, frequência cardíaca pré-esforço, dislipidemia, hipertensão arterial, tabagismo, diabetes. Após a realização dos procedimentos estatísticos por intermédio de regressão linear múltipla, foram desenvolvidas duas equações para o sexo masculino e duas para o sexo feminino. O modelo completo para o sexo masculino apresenta R2 ajustado de 0,531 e erro padrão de estimativa (EPE) de 7,15 ml-1∙ kg-1∙ min, enquanto que o modelo completo para o sexo feminino apresenta R2 ajustado de 0,436 e EPE de 5,68 ml-1∙ kg-1∙ min. Conclui-se que o modelo desenvolvido de predição da aptidão cardiorrespiratória é uma alternativa viável e prática para predição do VO2pico em estudos epidemiológicos ou quando um teste cardiopulmonar de esforço não for possível ou acessível.

Keywords : Aptidão cardiorrespiratória; Equação de regressão; VO2pico.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese