SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue4Effects of resistance training on muscle strength of older women: a comparison between methodsRelationship between running kinematic changes and time limit at vVO2max author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano

On-line version ISSN 1980-0037

Abstract

COELHO, Daniel Barbosa et al. Avaliação da demanda energética e frequência cardíaca em diferentes fases durante jogos ao longo de uma competição oficial de futebol. Rev. bras. cineantropom. desempenho hum. [online]. 2012, vol.14, n.4, pp. 419-427. ISSN 1980-0037.  http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2012v14n4p419.

O objetivo do presente estudo foi a análise do gasto energético e da frequência cardíaca (HR), expressa pela média e pela frequência cardíaca máxima (FCmax), durante jogos de uma competição oficial de futebol. Foram avaliados, durante 15 jogos, dezoito jogadores de futebol da categoria abaixo de 20 anos de idade (Sub-20) de um time da primeira divisão de futebol brasileira. A relação entre FC e consumo de oxigênio (relação FC/VO2) foi estabelecida, e uma equação de regressão linear foi desenvolvida para cada jogador. Essa equação foi utilizada para determinar o consumo de oxigênio e o gasto energético correspondente a partir dos valores de FC medidos durante os jogos. O registro da FC ocorreu em intervalos de 5 segundos, agrupados em fases de 15 minutos (0-15 min, 15-30 min e 30-45 min) em cada tempo de jogo [primeiro tempo (PT) e segundo tempo (ST)]. O consumo de oxigênio dos jogadores foi de 308,3 ± 11,9 LO2/jogo e o gasto energético foi de 17,3 ± 1,3 Kcal.min-1 e 1.542,9 ± 125,1 Kcal/jogo. Os resultados mostraram que houve diferenças significativas entre a FC e a FCmax observadas no primeiro tempo (PT 15-30 min) em relação ao segundo tempo (ST 0-15min e ST 30-45min), e entre PT 30-45 min em comparação com ST 0-15 min (p<0,05). Concluímos que o futebol deve ser considerado como uma atividade extremamente árdua para jogadores Sub-20, devido aos alto gasto energético durante as partidas de um campeonato oficial. Conclui-se também que, durante jogos de futebol com jogadores jovens, a PT 15-30min poderia ser considerada a fase mais intensa do jogo, porque os maiores valores de FC e FCmax usualmente ocorrem nessa fase.

Keywords : Correlação; Gasto energético; Intermitente.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English