SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número6Relação entre alto comportamento sedentário no lazer e baixa funcionalidade de idososProdução dos bolsistas de produtividade em Educação Física no triênio 2010-2012: os “Top 30” periódicos com maior número de publicações índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano

versão impressa ISSN 1415-8426versão On-line ISSN 1980-0037

Resumo

GARCIA-OREA, Guillermo Peña; ELVAR, Juan Ramón Heredia; SANTOS, Marta Silva  e  SILVA-GRIGOLETTO, Marzo Edir Da. Efeitos agudos da utilização de dispositivos geradores de instabilidade externa sobre o desempenho neuromuscular. Rev. bras. cineantropom. desempenho hum. [online]. 2016, vol.18, n.6, pp.722-730. ISSN 1980-0037.  https://doi.org/10.5007/1980-0037.2016v18n6p722.

O treinamento físico com utilização de dispositivos geradores de instabilidade tem se popularizado na área da saúde, no treinamento desportivo e na prática clínica (principalmente na prevenção e tratamento de lesões). Entender como ocorre o processo de utilização desses dispositivos e quais são os resultados sobre os efeitos agudos é importante para nortear profissionais da área na escolha do dispositivo adequado. O objetivo desta revisão foi apresentar as principais características dos dispositivos desestabilizadores e analisar os efeitos agudos da utilização sobre a ativação da musculatura do core, rendimento neuromuscular e ativação das extremidades inferiores e superiores. Estudos têm demonstrado que os principais efeitos agudos dos exercícios realizados com estes dispositivos são: 1) maior ativação/recrutamento muscular (especialmente da zona média ou core); 2) maior coativação da musculatura antagonista (do tronco, membros superiores e inferiores), com aumento da rigidez e estabilidade articular; 3) diminuição da produção de força, potência e velocidade das extremidades.

Palavras-chave : Desempenho esportivo; Dor lombar; Instabilidade.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )