SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número5Respostas agudas de um circuito de treino de alta intensidade em mulheres: Níveis baixos de aptidão física apresentam maior dano muscularPrevalência de intolerância ao exercício em adultos obesos submetidos ao teste de exercício cardiopulmonar índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano

versão impressa ISSN 1415-8426versão On-line ISSN 1980-0037

Resumo

CHAVES, Suene Franciele Nunes et al. Efeito de uma competição escolar de futebol com jogos em dias consecutivos no estado de recuperação de jogadores sub-19. Rev. bras. cineantropom. desempenho hum. [online]. 2018, vol.20, n.5, pp.402-411. ISSN 1415-8426.  http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2018v20n5p402.

O presente estudo objetivou analisar o efeito de uma competição escolar de futebol com jogos em dias consecutivos no estado de recuperação física de jogadores sub-19. Foram avaliados, de forma aleatória, 31 atletas escolares (17,1±1,1 anos) participantes de uma competição escolar de futebol de campo sub-19, composta de duas chaves com quatro equipes cada, seguido de semifinais e final. Os jogos tiveram 70 min de duração (dois tempos de 35 min com 15 min de intervalo), e foram realizados em dias consecutivos com intervalo de 24h entre cada jogo. Foi medida a dor muscular de início tardio (DOMS) e Qualidade Total de Recuperação (QTR) antes de cada jogo da primeira fase (n= 31) e da semifinal (n=18). A carga interna dos jogos foi medida a pelo método da percepção subjetiva do esforço da sessão (PSE-sessão). A QTR foi maior antes do primeiro jogo em comparação com os demais jogos (p< 0.001). A DOMS aumentou após o primeiro jogo e não retornou aos valores basais antes do quarto jogo (p< 0.001). A PSE-sessão e a carga interna do quarto jogo foram maiores que as dos demais jogos (p< 0,001). Em adição, não houve correlação entre a carga interna do jogo e a QTR (p> 0,05). A monotonia encontrada no período avaliado foi de 3,1±2.0 UA. Os resultados indicam que o período de 24h parece ser insuficiente para a completa recuperação de atletas escolares de futebol sub-19, sugerindo a organização de competições escolares de futebol sub-19 com maior intervalo entre os jogos e busca por métodos que acelerem a recuperação.

Palavras-chave : Dor muscular; Futebol; Recuperação.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )