SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.2 número1COMPOSIÇÃO FLORÍSTICA E ESTRUTURA FITOSSOCIOLÓGICA DE UM “CAPÃO” DE Podocarpus lambertii Klotz., NO RIO GRANDE DO SULEFICIÊNCIA E PERÍODO DE ATIVIDADE DOS INIMIGOS NATURAIS DE Oncideres impluviata (Germar, 1824) (COL.; CERAMBYCIDAE) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Florestal

versão impressa ISSN 0103-9954versão On-line ISSN 1980-5098

Resumo

MARCHIORI, José Newton Cardoso. ANATOMIA DA MADEIRA E CASCA DO ESPINILHO Acacia caven (Mol.) Mol. Ciênc. Florest. [online]. 1992, vol.2, n.1, pp.27-47. ISSN 1980-5098.  https://doi.org/10.5902/19805098261.

Neste trabalho são descritos os aspectos anatômicos da madeira e casca de Acacia caven (Mol.) Mol. São também apresentados dados quantitativos de 34 caracteres do xilema secundário, bem como fotomicrografias das estruturas anatômicas da madeira e casca. A ausência de septos em fibras, a abundância de parênquima axial e a elevada percentagem de raios com 4 ou mais células de largura, são os caracteres mais importantes na estrutura do lenho. O arranjo das fibras floemáticas em feixes tangenciais regulares, rodeadas por séries cristalíferas, é, por sua vez, o aspecto mais notável da casca. Este caráter ainda não havia sido reportado pela literatura anatômica das acácias sul-americanas e pode ter valor taxonômico em nível infragenérico.

Palavras-chave : anatomia da madeira; anatomia da casca; Acacia caven.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )