SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 número2PRODUÇÃO DE CHAPAS DE MADEIRA COMPENSADA DE CINCO ESPÉCIES DE PINUS TROPICAISREGENERAÇÃO IN VITRO DE LOURO-PARDO (Cordia trichotoma (Vellozo) Arrabida ex Steudel) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Florestal

versão impressa ISSN 0103-9954versão On-line ISSN 1980-5098

Resumo

CALDEIRA, Marcos Vinicius Winckler et al. QUANTIFICAÇÃO DA BIOMASSA ACIMA DO SOLO DE Acacia mearnsii DE WILD., PROCEDÊNCIA BATEMANS BAY - AUSTRÁLIA. Ciênc. Florest. [online]. 2001, vol.11, n.2, pp.79-91. ISSN 1980-5098.  https://doi.org/10.5902/198050981657.

Foi quantificada a biomassa acima do solo de acácia-negra (Acacia mearnsii De Wild.), procedência Australiana Batemans Bay, aos 2,4 anos de idade. O povoamento encontra-se estabelecido em solos de baixa fertilidade, com acidez elevada e localiza-se na Fazenda Menezes, no Distrito de Capão Comprido, município de Butiá/RS. A área pertencente à Empresa Florestal Agroseta S.A. Foram selecionadas no total 9 árvores para comporem as amostras. A amostragem destrutiva constituiu na individualização dos compartimentos da biomassa acima do solo (folhas, galhos vivos, galhos mortos, casca e madeira). A coleta de amostras, teve como objetivo a determinação da matéria seca nos diferentes componentes da Acácia-negra. A produção de biomassa acima do solo de Acácia-negra, procedência Australiana Batemans Bay, foi 36,1 Mg ha-1 apresentando o seguinte percentual de distribuição: 20% nas folhas; 19,5% nos galhos vivos; 2,8% nos galhos mortos; 11,8% na casca e 45,9% na madeira.

Palavras-chave : Biomassa; Acacia mearnsii.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )