SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número4GASEIFICAÇÃO DE MATERIAIS LIGNOCELULÓSICOS PARA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Florestal

versão impressa ISSN 0103-9954versão On-line ISSN 1980-5098

Resumo

GATTO, Darci Alberto et al. ESTIMATIVA DA IDADE DE SEGREGAÇÃO DO LENHO JUVENIL E ADULTO POR MEIO DE PARÂMETROS ANATÔMICOS PARA MADEIRA DE Luehea divaricata Mart. Ciênc. Florest. [online]. 2008, vol.18, n.4, pp.535-540. ISSN 1980-5098.  http://dx.doi.org/10.5902/19805098436.

Este estudo teve como objetivo delimitar a idade de maturação do lenho usando-se de características anatômicas da madeira de Luehea divaricata Mart. (açoita-cavalo), por meio da segregação dos lenhos juvenil e adulto. Para tanto, foram eleitas três árvores adultas, de fuste reto e cilíndrico, com diâmetro superior a 30 cm, a 1,30 m de altura (DAP), coletadas na Encosta Superior do Nordeste do estado do Rio Grande do Sul, Brasil. De cada árvore, a 0,10 m de altura da base do tronco, foi extraído um disco com aproximadamente 2 cm de espessura. Com auxílio de uma serra de fita, retirou-se de cada disco uma bagueta central, de 2 cm de largura, bem orientada no sentido radial, incluindo a medula no centro desta, dividindo-se a medula em duas amostras. Dentre as amostras sorteou-se uma e separou-se apenas o lenho inicial de cada anel de crescimento para a maceração (método de Jeffrey). Com auxílio de um microscópio esteroscópio equipado com régua micrométrica mediram-se primeiramente as dimensões individuais relativas ao comprimento, diâmetro e diâmetro do lume de cem fibras no anel de crescimento próximo à casca, e posteriormente, definiram-se trinta fibras, selecionadas ao acaso por anel de crescimento, como estatisticamente suficiente. A espessura da parede celular das fibras foi obtida pela metade da diferença entre os diâmetros da fibra e do lume. A segregação dos dois tipos de lenho foi avaliada com base na variação radial das características anatômicas (comprimento, diâmetro, diâmetro do lume e espessura da parede das fibras), por meio de regressão linear simples. Os resultados indicaram que, dentre as características estudadas, o comprimento de fibra foi a que melhor definiu o ano de segregação dos lenhos juvenil-adulto, estimado em 21 anos, aproximadamente. Por sua vez, os parâmetros anatômicos diâmetro das fibras, diâmetro do lume e espessura da parede das fibras mostraram-se inadequados para a estimativa da idade de segregação, devido aos baixos coeficientes de determinação dos modelos estatísticos testados.

Palavras-chave : lenhos juvenil e adulto; características anatômicas; idade de demarcação.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )