SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue1ESSENTIAL OIL OF Eucalyptus grandis Hill ex Maiden IN STIMULATING MYCORRHIZAL SIBIPIRUNA SEEDLINGS (Caesalpinia peltophoroides Benth.)COMPOSITION OF THE SUBSTRATE ON THE DEVELOPMENT, QUALITY AND COST OF PRODUCTION OF SEEDLINGS OF Eucalyptus grandis Hill ex Maiden × Eucalyptus urophylla S. T. Blake author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ciência Florestal

Print version ISSN 0103-9954On-line version ISSN 1980-5098

Abstract

HIGUCHI, Pedro et al. INFLUÊNCIA DE VARIÁVEIS AMBIENTAIS SOBRE O PADRÃO ESTRUTURAL E FLORÍSTICO DO COMPONENTE ARBÓREO, EM UM FRAGMENTO DE FLORESTA OMBRÓFILA MISTA MONTANA EM LAGES, SC. Ciênc. Florest. [online]. 2012, vol.22, n.1, pp.79-90. ISSN 0103-9954.  http://dx.doi.org/10.5902/198050985081.

O objetivo deste trabalho foi caracterizar a composição florística e a estrutura do componente arbóreo de um fragmento de Floresta Ombrófila Mista Montana e avaliar a influência de variáveis ambientais sobre os padrões encontrados. A área de estudo situa-se no município de Lages, SC, às margens do Rio Caveiras (27°51'19.20"S e 50°10'33,39"W). O levantamento da vegetação e das variáveis ambientais (características químicas e físicas dos solos, relevo e cobertura do dossel) foi realizado em 50 parcelas permanentes de 20x10 m, alocadas de forma sistemática estratificada no fragmento. Todas as árvores vivas com circunferência ≥ 15,7 cm (medidas a 1,30 m do solo - CAP) foram mensuradas (CAP e altura) e identificadas. Foi calculado o valor de importância (VI) das espécies encontradas, realizada a ordenação das parcelas em função da abundância das espécies, por meio da analise de NMDS (Nonmetric multidimensional scalling) e plotadas a posteriori as variáveis ambientais significativas no diagrama de ordenação. Foram amostrados 1.843 indivíduos, que totalizaram uma área basal de 36,45 m2/ha, distribuídos em 37 famílias botânicas, 63 gêneros e 92 espécies. As três espécies com os maiores valores de VI foram Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze, Lithraea brasiliensis Marchand e Jacaranda puberula Cham. As variáveis que apresentaram maior correlação com a estrutura e a composição florística do componente arbóreo foram o pH, o desnível máximo da parcela e o teor de Mg.

Keywords : heterogeneidade ambiental; floresta de araucária; análise multivariada.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )