SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número3PASTAS ESTIMULANTES EM SISTEMAS DE RESINAGEM DE Pinus elliottii var. elliottiiPIGMENTOS FOTOSSINTÉTICOS EM CLONES DE SERINGUEIRA SOB ATAQUE DE OÍDIO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Florestal

versão impressa ISSN 0103-9954versão On-line ISSN 1980-5098

Resumo

DRANSKI, João Alexandre Lopes et al. SOBREVIVÊNCIA E CRESCIMENTO INICIAL DE PINHÃO-MANSO EM FUNÇÃO DA ÉPOCA DE PLANTIO E DO USO DE HIDROGEL. Ciênc. Florest. [online]. 2013, vol.23, n.3, pp.489-498. ISSN 1980-5098.  http://dx.doi.org/10.5902/1980509810560.

O trabalho objetivou comparar o efeito do uso do hidrogel e da época de plantio sobre a sobrevivência e o crescimento inicial de Jatropha curcas L. nas condições do oeste do Paraná. O experimento foi conduzido em Pato Bragado, PR, durante 2008 e 2009. Os tratamentos compreenderam o plantio de mudas de três procedências de pinhão-manso (Pedro J. Caballero, Nova Porteirinha e Janaúba) submetidas ou não à imersão do sistema radicular no ato do plantio em hidrogel previamente hidratado na concentração de 5,0 g L-1 em diferentes épocas de plantio (primavera, verão, outono e inverno). O delineamento experimental foi em blocos casualizados, arranjados em esquema de parcelas subdivididas com cinco repetições para cada época de plantio. Após o período de noventa dias, quantificou-se o efeito do polímero sobre a porcentagem de sobrevivência e o crescimento inicial por meio dos incrementos em altura e diâmetro do coleto, número de folhas, área foliar, área média da folha e área foliar específica, sendo as médias comparadas pelo teste Tukey a 5%. Os resultados indicaram que a imersão das raízes em hidrogel aumentou a porcentagem de sobrevivência das mudas no plantio da primavera em 6,7%. O uso do hidrogel não propiciou ganhos no crescimento das mudas de pinhão-manso, prejudicando o crescimento no plantio do inverno. Contudo, maiores incrementos foram obtidos no plantio da primavera. As procedências Pedro J. Caballero e Nova Porteirinha externaram maior capacidade de resposta ao desenvolvimento pós-plantio para as diferentes épocas de plantio.

Palavras-chave : Jatropha curcas L.; procedências; sazonalidade; hidrorretentor..

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )