SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue1Bamboo cellulosic pulp produced by the ethanol/water process for reinforcement applicationsSurface evaluation of the heat treated wood of Eucalyptus grandis Hill ex Maiden author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ciência Florestal

Print version ISSN 0103-9954On-line version ISSN 1980-5098

Abstract

PIMENTA, Alexandre Santos; SANTOS, Rosimeire Cavalcante dos; CARNEIRO, Angélica Cássia de Oliveira  and  CASTRO, Renato Vinicius Oliveira. Utilização de resíduos de coco (Cocos nucifera) carbonizado para a produção de briquetes. Ciênc. Florest. [online]. 2015, vol.25, n.1, pp.137-144. ISSN 0103-9954.  http://dx.doi.org/10.1590/1980-509820152505137.

O presente trabalho teve como objetivo produzir briquetes com finos de carvão de resíduos de coco e avaliar a qualidade dos briquetes. Cascas de coco foram coletadas no APL de coco em Touros - RN. Após secagem ao ar livre por dois meses, as cascas foram carbonizadas em forno de alvenaria tipo "rabo quente JG" e trituradas em moinho de martelo. O pó resultante foi peneirado, utilizando-se a fração inferior a 40 mesh para produção de briquetes em um delineamento inteiramente casualizado envolvendo 12 tratamentos (divididos em três grupos) e três repetições. Como aglutinantes, foram empregados amido de milho e argila. Os tratamentos foram divididos em três grupos, correspondendo cada grupo a uma proporção de argila, respectivamente 12, 15 e 18%, em relação ao peso seco total do briquete. Em cada grupo, as proporções de amido foram de 6, 8, 10 e 12%. O pó de carvão foi misturado com a argila finamente triturada e a seguir foi adicionado o amido pré-gelatinizado em água a 80°C. A massa para cada tratamento foi misturada até completa homogeneização, separando-se quantidades de 17 gramas de massa por repetição. Os briquetes foram produzidos em briquetadeira de laboratório, com pressão de 1.500 psi e tempo de prensagem de quatro minutos. Foram avaliadas as seguintes propriedades dos briquetes: densidade aparente, poder calorífico, composição química imediata (umidade, teores de carbono fixo, matérias voláteis e cinzas) e resistência à compressão. Os melhores tratamentos para fins comerciais foram os 12/12 e 12/15.

Keywords : briquetes de carvão vegetal; carvão de coco; reciclagem de resíduos agroflorestais.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )