SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue1Spectral behavior of Eucalyptus globulus (Labill.) leaves attacked by Mycosphaerella spp. in regions of visible and infrared near the electromagnetic spectrumRichness, diversity, and floristic composition in regenerating and preserved 'cerrado' areas in Itirapina Ecological Station, São Paulo State author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ciência Florestal

Print version ISSN 0103-9954On-line version ISSN 1980-5098

Abstract

DUARTE, Marcie Lelis et al. Crescimento e qualidade de mudas de vinhático (Platymenia foliolosa Benth.) em resposta à adubação com potássio e enxofre. Ciênc. Florest. [online]. 2015, vol.25, n.1, pp.221-229. ISSN 0103-9954.  http://dx.doi.org/10.1590/1980-509820152505221.

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de doses de potássio e enxofre sobre o crescimento e a qualidade de mudas de Platymenia foliolosa Benth. (vinhático), determinando a melhor dose desses nutrientes. Foi conduzido um experimento utilizando-se vasos de polietileno rígido com 1,5 dm³ de capacidade e como substrato um Latossolo Vermelho-Amarelo. Utilizou-se como tratamentos sete doses de potássio (0; 50; 100; 150; 200; 250 e 300 mg/dm³) combinadas com cinco doses de enxofre (0, 20, 40, 60 e 80 mg/dm³), as quais foram parceladas em quatro aplicações: 0, 30, 60 e 90 dias após o primeiro desbaste. Após 150 dias da semeadura foram colhidos dados de altura, diâmetro do coleto, matéria seca da parte aérea e de raiz, além das relações altura/diâmetro do coleto, altura/massa seca parte aérea, massa seca parte aérea/massa seca de raiz e o índice de qualidade de Dickson (IQD). A adição de doses crescentes de potássio ao substrato apresentou resposta significativa (quadrática) para todas as variáveis avaliadas, exceto para a relação altura da parte aérea/diâmetro de coleto, já as doses de enxofre não apresentaram resposta significativa para nenhuma das características avaliadas nesse experimento, sendo observada interação entre K e S para altura da parte aérea, nas mudas de vinhático aos 150 dias após a semeadura. Diante dos resultados obtidos recomenda-se para produção de mudas de vinhático (Platymenia foliolosa) a aplicação de 175 mg/dm³ de K e 45 mg/dm³ de S parceladas equitativamente em quatro aplicações aos 0, 30, 60 e 90 dias após o primeiro desbaste.

Keywords : espécie florestal nativa; nutrição de plantas; propagação de plantas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )