SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.4 issue4Intellectual demand and formal education as: cognitive protection factors in Alzheimer's diseaseMorphometric brain changes during aging: Results from a Brazilian necropsy sample author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Dementia & Neuropsychologia

Print version ISSN 1980-5764

Abstract

RIBAS, Renata de Melo Guerra et al. Efeito do estresse na atenção de manipuladores de alimentos de um hospital público em Recife-PE, Brasil. Dement. neuropsychol. [online]. 2010, vol.4, n.4, pp.325-331. ISSN 1980-5764.  https://doi.org/10.1590/S1980-57642010DN40400012.

A produção de refeições em Unidades de Alimentação e Nutrição (UAN) dispõe de apoio do desempenho humano. O estresse é um dos fatores responsáveis por alterações na saúde desses profissionais. Redução da atenção é um dos prejuízos causados pelo estresse. Objetivo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a atenção em manipuladores de alimentos (MA). Métodos: Foram avaliados 67 profissionais subdivididos em MA com menos de cinco anos na profissão que foram considerados grupo de controle (Controle, n=29) e MA com mais de 5 anos na profissão (MA>5, n=38). Foram utilizados o Inventário de Sintomas de Stress em Adultos de Lipp (ISSL), os testes de atenção digit symbol, d2, span de dígitos em ordem direta e inversa e teste de dependência auditiva para adição em série. Utilizou-se o Exato de Fisher, Qui-quadrado e Mann-Whitney, dados expressos em percentuais e mediana (mínimo-máximo), p<0,05. Resultados: Verificou-se que 73,68% dos MA>5, enquanto 13,79% do controle apresentam estresse. 57,89% dos MA>5 com estresse apresentaram sintomas físicos e 15,79% sintomas psicológicos. No controle, 9,68% apresentaram sintomas físicos. 73,68% dos MA>5 com estresse e 17,24% do controle estão na fase de resistência. Em relação à atenção, Os MA>5 apresentaram redução do foco de atenção (32,5±2,9), da atenção auditiva (7,25±0,4) e da resistência à interferência (4,67±1,1), comparados aos seus respectivos controles (43,88±1,39), (8,63±0,38), (9,25±1,16), p<0,05. Discussão e Conclusões: A atividade de manipulação de alimentos pode causar estresse e redução da atenção após 5 anos.

Keywords : estresse; atenção; manipuladores de alimentos.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )